Papo de Mãe
Papo de Mãe

Colo curto na gestação: o que é isso e quais os riscos?

Mariana Kotscho Publicado em 23/02/2021, às 00h00 - Atualizado às 08h39

None
23 de fevereiro de 2021


O especialista em medicina reprodutiva Gustavo Kröger explica o que é o colo curto na gestação.

Por Papo de Mãe

Colo curto, ou incompetência ou insuficiência istmocervival, é quando ocorre uma abertura indolor do colo do útero que induz o risco de um parto muito prematuro. Isso ocorre normalmente a partir da 20a semana de gestação: o colo dilata e fica difícil segurar a gestação.

O diagnóstico pode ser feito durante o pré-natal num exame de ultrassom transvaginal, quem que é medido o colo do útero. Se o colo estiver encurtado, há tratamentos preventivos, para retardar o parto prematuro, que incluem: repouso, medicamentos (progesterona) e, em alguns casos, até a colocação de uma espécie de “anel” para evitar a abertura do colo e o trabalho de parto. Uma outra opção é a cerclagem: dar alguns pontos no colo do útero, costurar (estes pontos são retirados no final da gravidez). Para esses procedimentos é preciso avaliar antes riscos e benefícios.

Tudo isso é importante porque a prematuridade muito precoce diminui a chance de o bebê sobreviver ou, em caso de sobrevivência, pode haver sequelas graves.

Veja a explicação em vídeo do Dr. Gustavo Kröger

Veja também

O que é infertilidade? Dr.Gustavo Kröger responde.

Congelamento de óvulos: quando é indicado?

Dicas para engravidar




ColunistasGustavo KrögerMãe / PaiHomePapo de Mãe respondeGravidezPrimeira InfânciaVídeos