Papo de Mãe
Papo de Mãe
» DIA DA GESTANTE

Cuidado com a pele na gestação: não é preciso abandonar a sua autoestima

O dermatologista Thiago Cunha fala como lidar com as questões dermatológicas e ainda dá dicas de skincare matinal para as gestantes

Ana Beatriz Gonçalves* Publicado em 14/08/2021, às 17h47 - Atualizado em 15/08/2021, às 08h00

Os cuidados na gestação não envolvem somente o bebê
Os cuidados na gestação não envolvem somente o bebê

É comum que preocupações e questões apareçam ao longo dos 9 meses de gestação. Medos, incertezas e ansiedade são "sintomas" normais na vida de uma grávida, no entanto, tudo isso influência (e muito) a autoestima das mulheres.

Algo muito recorrente, que acontece especialmente por toda a injeção hormonal que a gestação traz a tona no corpo das mamães, são os problemas dermatológicos. Espinhas, estrias, cravos e às vezes até alergias aparecem, fazendo com que o autocuidado da mulher se torne ainda mais essencial –  afinal de contas não é só o bebê que requer atenção.

Segundo o dermatologista Thiago Cunha, os hormônios da gravidez poder interferir de várias formas na pele e o tratamento acaba sendo limitado, já que o uso de remédios e medicações podem atrapalhar o crescimento do bebê. "A grande questão durante este período é que não expor as gestantes a um possível risco. Mas isso não é o fim do mundo, muitas coisas podem ser usadas", explica o especialista em conversa com o Papo de Mãe.

Veja também:

O dermatologista elenca os três principais problemas dermatológicos durante a gravidez, sendo eles:

  • Manchas na pele, como melasma no rosto e hiperpigmentação em outras áreas do corpo;
  • Surgimento de acnes;
  • Estrias na região do peito e abdômen.

Historicamente o padrão de beleza foi sempre supervalorizado para as mulheres, e por isso, quando uma questão dermatológica aparece, normalmente a autoestima costuma cair drasticamente, aponta Cunha.

Quando você não se reconhece no espelhou ou se aceita, isso acarreta um grande sofrimento psiquico. Ainda vivemos em uma sociedade que hiperfomenta a indústria da beleza e o mercado da estética. As mulheres sentem muita cobranças, e quando elas engravidam isso não muda", diz.

As cobranças das quais o especialista se refere, como, por exemplo, estar sempre esteticamente aceitável, pele macia e sem manchas ou espinhas, nem sempre vem de fora. Muitas mulheres se cobram bastante, e é por isso o alerta: "Durante a gestação a mulher fica mais sensível por conta das alterações hormonais e a própria experiência da gravidez em si. É um período de vulnerabilidade na autoestima e as mudanças no corpo não param", afirma o dermatologista.

Thiago Cunha também aponta que existe uma certa tendência a dramatização, como se as questões envolvendo a pele e a estética fossem o fim do mundo. "É possível tratar e cuidar da pele sem tornar isso uma mega questão. Eu, por exemplo, sou fã da rotina de skincare e é uma coisa que toda grávida por fazer", exemplifica.

Rotina de skincare durante a gravidez

cuidados com a pele
Manter uma rotina de cuidados com a pele ajuda a fortalecer a autoestima e além de tudo, cuida da saúde!

O termo em inglês Skincare, se refere aos cuidados com a pele e a rotina diária para manter o rosto hidratado. Segundo o dermatologista Thiago Cunha, apesar de muitos profissionais ainda subestimarem tal procedimento, ele acredita que manter um hábito de cuidar do rosto diariamente, contribuí de várias formas para a saúde e autoestima.

Cuidar da pele é cuidar de si", defende o profissional.


Confira a sugestão do especialista para as grávidas de plantão:

Skincare de camadas: rotina matinal

  • Começar pela limpeza, com sabonete de acordo o tipo de pele (oleosa ou seca)
  • Após a limpeza, é sugerido um tônico para pessoas com peles mais oleosas e hidrante para peles mais secas;
  • Usar um sérum de tratamento - antioxidantes, vitamina C, niacinamida e vitamina B3 são os mais recomendados;
  • Etapa de proteção: passar um protetor solar, o mais indicado é o protetor físico, já que ele não absorve a luz solar;
  • Finalizar com produtos para a área dos olhos e pescoço. 

Rotina noturna

  • Repetir os mesmos processos, com exceção da etapa do tônico;
  • Optar por creme hidrantes mais densos e nutritivos;
  • A etapa de proteção também não é necessária.

Como prevenir estrias

As "temidas" estrias são recorrentes no consultório do dermatologista Thiago Cunha. Segundo ele, as queixas e preocupações em torno delas são ainda mais recorrentes do que acnes.

O profissional afirma que não existe tratamento milagroso e a prevenção é o melhor caminho. "O segredo está no aumento de peso, o ideal é evitar aumentos repentinos ou exagerados, já que isso é o que provoca as estrias. Hidrantes e óleos corporais são importantes porque aumentam a elasticidade da pele. São boas apostas!", finaliza.

*Ana Beatriz Gonçalves é jornalista e repórter do Papo de Mãe


Acompanhe o Papo de Mãe nas redes sociais e se inscreva no canal do Youtube:

HomeNotíciasGravidezSaúdedestaquenoticia