Papo de Mãe
Papo de Mãe
» SAÚDE DA MULHER

Ferida no colo do útero: o que é e como tratar?

A ginecologista e obstetra Ligia Santos, colunista do Papo de Mãe, tira dúvidas sobre ferida no colo do útero

Redação Papo de Mãe Publicado em 14/06/2021, às 13h24

Dra.Ligia Santos, colunista do Papo de
Dra.Ligia Santos, colunista do Papo de

A ferida no colo do útero é algo bem comum. A Dra. Ligia Santos, ginecologista e obstetra, explica que o termo em si é errado, pois não se trata exatamente de um machucado. O termo científico é ectopia cervical: "É como se fosse uma alteração do colo, podendo a parte de dentro ser visualizada de fora", explica a Dra. Ligia.

Veja a explicação completa da médica no vídeo

Veja também

O colo do útero precisa ter uma superfície lisinha normalmente. Quando ele tem um aspecto rugoso, é que popularmente chamam de "ferida". É deste local que os médicos colhem o tecido para o exame de papa nicolau.

Este tecido do colo do útero acaba "atraindo" infecções - e até o câncer de colo de útero.

Esta alteração é mais comum em mulheres jovens e em adolescentes por causa do perfil hormonal. Mulheres que estão na menopausa não têm ectopia, diz a Dra.Ligia.

E esta condição não apresenta sintomas, isso só aparece em exames de rotina. E não é preciso fazer nenhum tratamento. Antigamente era comum fazer uma cauterização, mas hoje em dia é feito um acompanhamento para avaliar se precisa tratar, o que pode ser feito até com medicamentos (ácido). Neste caso o tempo de recuperação é de dois meses.

Para saber se o tratamento é necessário, a Dra Ligia explica que um dos fatores de avaliação é quando a mulher tem alguma secreção ou se ela apresenta sangramento após a relação sexual.

"Ectopia não significa câncer nem predisposição a ter câncer", ressalta a médica.

Lembrando que toda mulher deve fazer exames de rotina pelo menos uma vez ao ano.

Dra.Ligia SantosSaúde