Papo de Mãe
Papo de Mãe
» SAÚDE

Com as baixas temperaturas, saiba como tratar as alergias desencadeadas pelo frio

Médica especialista alerta para os cuidados necessários para os alérgicos durante os dias de frio intenso

Redação Papo de Mãe* Publicado em 31/07/2021, às 16h15

Asma, rinite, dermatite atópica, urticária... são muitas as alergias que podem se desencadear nos dias frios
Asma, rinite, dermatite atópica, urticária... são muitas as alergias que podem se desencadear nos dias frios

A frente fria chegou para ficar nas regiões sul e sudeste do país. Em São Paulo, capital, por exemplo, a madrugada desta sexta-feira (30) chegou a registrar 3°C em pontos extremos da zona sul, segundo informações do Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE).

Já quem vive no estado do Rio Grande do Sul, está podendo se divertir com bonecos de neve. No entanto, por mais que o frio seja gostoso para curtir o final de semana debaixo das cobertas, é preciso manter bastante cuidado com a saúde.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), no Brasil, 30% da população possui algum tipo de alergia, e segundo  a médica especialista em alergias Camilla Pereira, do Plunes Centro Médico, as baixas temperaturas podem piorar alguns sintomas de asma, rinite e dermatite atópica. 

"Nos dias frios as pessoas tendem a ficar mais tempo dentro de casa, com portas e janelas fechadas. Também evitam locais abertos e abusam do banho quente, o que afeta a camada protetora da pele, tornando-a ressecada e sujeita a coceiras”, explica ela.

Mofo, ácaros, vírus e bactérias são os principais agentes causadores das alergias – sem contar as fumaças das lareiras e fogões a lenha, que nesses momentos são ótimos para esquentar. Mas a médica alerta: é preciso manter atenção aos cuidados, e a limpeza da casa é uma grande aliada nessas horas.

Frio extremo pode piorar casos de alergias
Frio extremo pode piorar casos de alergias

"Sugiro sempre aos pacientes limpar os cômodos e móveis com um pano umedecido em água e vinagre de álcool, evitando produtos com odor forte. Outra boa dica é não usar vassouras e, sim, aspiradores", comenta.

Ainda segundo a Dra. Camilla Pereira, é muito comum nesta época do ano a "urticária do frio", que ocorre devido à queda da temperatura e leva ao aparecimento de placas avermelhadas e elevadas na pele. 

Veja também:

Mesmo que os banhos quentes sejam grandes aliados na temporada de inverno, ficar muito tempo debaixo d'água pode irritar a pele, por isso, os alérgicos devem apostar na hidratação.

"O paciente com alergia deve ser olhado com cuidado durante o ano inteiro, porém uma visita ao médico durante o inverno é muito importante. Quem possui alguma doença alérgica deve procurar o seu médico e evitar que algo atrapalhe a qualidade de vida nesses dias mais frios" ressalta a especialista.


Acompanhe o Papo de Mãe também no Youtube e se inscreva no canal aqui:

HomeNotíciasSaúdedestaquenoticia