Papo de Mãe
Papo de Mãe
» INCLUA MUNDO

A pessoa com deficiência e o mercado de trabalho

Toda quinta-feira o programa Inclua Mundo traz para você uma reportagem especial com o tema da inclusão, no Youtube do Papo de Mãe. E com tradução em libras

Mariana Kotscho* Publicado em 28/01/2021, às 00h00 - Atualizado às 18h47

Inclua Mundo toda semana no Papo de Mãe
Inclua Mundo toda semana no Papo de Mãe

Qual é a realidade do mercado de trabalho para a pessoa com deficiênciaMesmo com a lei de cotas, que vigora há quase 30 anos no Brasil, ainda existem empresários que pagam multas de até R$ 250 mil por pessoa não contratada. Menos de 1% das pessoas com deficiência conseguem uma vaga no mercado de trabalho no Brasil.

A advogada Nathalia Blagevitch conta que teve muitas dificuldades para conseguir um emprego na área dela por ter paralisia cerebral. Mesmo sendo formada e tendo 3 pós-graduações, ela ouviu o seguinte de um empregador, depois de ter sido aprovada em entrevista: “Nós não estamos preparados para colocar uma pessoa com deficiência num cargo de destaque”.  Ela desistiu de procurar emprego na área dela.

Leia também

Inclua Mundo agora faz parte do portal Papo de Mãe

A consultora em inclusão Maria de Fátima e Silva diz que ainda há muita desinformação em relação à contratação da pessoa com deficiência. Não se pode olhar para a deficiência no lugar da pessoa, do profissional.

Com a pandemia, a situação das pessoas com deficiência no mercado de trabalho piorou ainda mais.

O empresário Marcelo Pires, presidente da Consolidar Diversidade, ajuda pessoas com deficiência a se colocarem no mercado de trabalho. Ele explica o que é capacitismo, que é o preconceito com a pessoa com deficiência. 

“A pessoa com deficiência não é nem herói, nem coitadinho, é uma pessoa”, diz Marcelo.

Assista a reportagem completa:

DiversosFamíliaHomeInclua MundoInclusãoJovemVídeos