Papo de Mãe
Papo de Mãe

Marielle Franco é homenageada pela Universidade de Princeton(EUA) na semana do dia internacional da mulher

Mariana Kotscho Publicado em 08/03/2021, às 00h00 - Atualizado em 11/03/2021, às 18h07

None
8 de março de 2021


Na semana do Dia Internacional da Mulher, o Brazil LAB da Universidade de Princeton (EUA) faz homenagens a Marielle Franco: Na programação, evento com Djamila Ribeiro e Lilia Schwarcz nesta quinta-feira, 19h30, e lançamento de vídeo com a participação de Angela Davis.

Por Mariana Kotscho*

O Brazil LAB da Universidade de Princeton colocou no ar dia 8 de março, em seu canal no YouTube, o vídeo Sister comrade/Irmã companheira. Nele, a ativista e filósofa norte-americana Angela Davis faz um tributo à trajetória de Marielle Franco, vereadora brasileira cujo assassinato completará três anos no dia 14 de março.

Segundo Davis, “Marielle vive e continua sendo um farol de esperança para pessoas de todo mundo que acreditam profundamente, como ela, na possibilidade de uma transformação radical no Brasil, nas Américas e em todo o planeta”. “O feminismo abolicionista nos permite imaginar novos mundos e novas possibilidades de justiça, igualdade e liberdade. Era nisso que Marielle estava insistindo”, disse a filósofa.

Assista aqui ao vídeo em homenagem à Marielle Franco, com a participação de Angela Davis

Além de Angela Davis, expoente do feminismo negro e do movimento pelos direitos civis nos Estados Unidos, o vídeo conta com a participação da viúva de Marielle, Monica Benício, da irmã, Anielle Franco, e da assessora de imprensa, Fernanda Chaves, que estava no carro com a vereadora no dia em que ela foi assassinada, além das ex-assessoras e hoje deputadas estaduais Renata Souza e Monica Francisco.

E nesta semana, também vai acontecer um evento em homenagem à Marielle. No dia 11 de março, às 19h30, a filósofa e ativista Djamila Ribeiro vai participar, com a antropóloga Lilia Schwarcz, professora da USP e de Princeton, do evento “Quem mandou matar Marielle? Racismo estrutural no Brasil”, com transmissão ao vivo pelo canal do Brazil LAB do YouTube.

*Mariana Kotscho é jornalista e apresentadora do Papo de Mãe

Veja também

Centenário de Clarice Lispector: “Como mãe sou mais importante do que como escritora”




Mariana KotschoDestaquesDireitos da mulherHomeVídeos