Papo de Mãe
Papo de Mãe
» SAÚDE INFANTIL

Por que as doenças em crianças nos surpreendem?

A importância do check up infantil para identificar doenças precocemente em crianças

Edmo Atique Gabriel* Publicado em 27/02/2022, às 06h00

A saúde da criança sempre merece atenção
A saúde da criança sempre merece atenção

Quantas vezes você já ouviu alguém dizer que tinha feito recentemente um check-up e que, mesmo com todos os exames normais, teve um infarto do coração ou um derrame cerebral ?

Quantas vezes você já se deparou com amigos ou parentes que praticavam atividade física regulamente, mantinham uma boa alimentação e, ainda assim, foram encontrados mortos em sua residência ou no local de trabalho? Afinal, qual o mistério por trás de tantas fatalidades ou surpresas desagradáveis ?

Isto parece ser muito estranho e ainda pode gerar muita apreensão e temor sobre o risco de desenvolver alguma doença. Embora as doenças manifestem diversos sinais e sintomas, nem sempre estes são tão evidentes quanto parecem. Muitas vezes estes sinais e sintomas podem estar presentes, mas de uma forma tão silenciosa, tão discreta, que realmente foge de nossa percepção e, com o passar do tempo, nós terminamos por pagar o exorbitante valor de tão traiçoeira conta.

Assista ao Papo de Mãe com participação do Dr. Edmo Gabriel

O câncer é uma doença que parece ser especializada em surpresas negativas. Vejamos
alguns exemplos de situações que refletem ostensivamente este cenário e que podem estar acometendo crianças de várias faixas etárias.

Situação 1

Presença de uma “pinta” na pele . Um belo dia você nota que esta “pinta “ mudou de tamanho e de aspecto e, após exames detalhados, descobre um câncer de pele da criança.

Situação 2

Certo dia seu filho ou filha acorda com a pele do rosto amarelada, situação conhecida como icterícia. Procura o médico, começa a investigação e descobre um câncer digestivo, já com metástases.

Situação 3

Dor de cabeça é um sintoma muito comum. No entanto, aquela dor de cabeça extremamente forte, associada a tonturas e problemas visuais, pode indicar um câncer no cérebro.

Situação 4

Seu filho ou filha queixa-se de quantidade razoável de sangue nas fezes. Faz a investigação e descobre um câncer digestivo.

Situação 5

A criança está reclamando muito de dor na região do quadril . Tudo parece ser uma questão muscular ou postural. Como a dor se intensifica, alguns exames mais específicos são feitos e um câncer ósseo é diagnosticado.

Após refletir sobre as 5 situações surpreendentes sobre o comportamento de um câncer, particularmente quando atinge as crianças , a questão que fica na cabeça seria: embora haja fatores de risco para um câncer infantil e também doenças cardiovasculares em crianças , como uma embolia pulmonar por exemplo, muitas vezes estes eventos ocorrem de forma absolutamente silenciosa e fugaz, não dando nenhuma chance para que se desconfie e se faça alguma coisa preventiva.

Veja também

No caso de uma embolia pulmonar numa criança, esta pode estar brincando inocentemente e, de forma súbita, apresentar este evento fatal. Posso testemunhar que já vi casos de embolia pulmonar, nos quais a pessoa levanta da cama e segue poucos metros até o banheiro e, de repente, literalmente desaba.

Nem sempre os exames de rotina poderão apontar esta ocorrência. Da mesma forma, não é pelo fato de ser uma criança, que não haja risco ou mesmo propensão genética para um câncer ou uma doença cardiovascular.

Diante de tudo que foi discutido, concluímos que as doenças efetivamente nos surpreendem, não escolhem idade, perfil profissional e nem data para acontecer. Fazer exames periódicos, cuidar do corpo e mente, manter uma alimentação saudável e ouvir conselhos e orientações dos especialistas, são medidas prementes e mandatórias.

Entretanto, a margem de segurança garantida por exames normais e hábitos exemplares nunca será 100%. O câncer pode boicotar esta margem de segurança, tal como uma embolia pulmonar e arritmia cardíaca, especialmente nas crianças.

edmo
Edmo Atique Gabriel

*Dr. Edmo Atique Gabriel é cardiologista, cirurgião cardio vascular e nutrólogo. @edmoagabriel

ColunistasEdmo Atique Gabriel