Papo de Mãe
Papo de Mãe

Os três porquinhos e a lição sobre trabalho, honestidade e inteligência

Roberta Manreza Publicado em 21/05/2017, às 00h00

None
21 de maio de 2017


Por Leiturinha*, 

Os contos infantis fazem parte de um universo encantado que vai muito além de apenas uma história infantil com intuito de distrair as crianças – eles são, na verdade, uma ferramenta bastante utilizada para desenvolver a capacidade reflexiva dos pequenos. Um dos contos mais famosos, dos Três Porquinhos, já é publicado e lido para crianças de todo o mundo desde o século XVIII.

A história que vem marcando gerações quase todo mundo já conhece: cada porquinho desejava viver em sua própria casa e, portanto, deveriam escolher um bom lugar, longe do lobo mau, onde pudessem estar seguros. Ansiosos para brincar e se divertir, os dois porquinhos mais novos construíram rapidamente suas casas.

O terceiro, pensando no longo prazo e na proteção contra o lobo mau, dedicou todo o seu tempo para construir uma casa de tijolos, sólida e resistente. Com a chegada do lobo mau faminto, as casas de palha e madeira foram destruídas em questão de segundos, mas a construção do terceiro porquinho permaneceu intacta.

Mas e a moral da história?

“De forma lúdica e cuidadosa, a história dos três porquinhos, bem como outras fábulas e contos nos livros infantis, mostra às crianças a importância de trabalhar bem para conquistar o sucesso”, explica Cynthia Spaggiari, coordenadora da equipe de curadoria da Leiturinha, o maior clube de assinatura de livros infantis do Brasil.

Ao adaptar esse aprendizado ao universo infantil, os pais ou educadores podem salientar que não basta se divertir, é preciso também colocar seu esforço em coisas que, a princípio, não parecem tão interessantes, mas que darão frutos fantásticos, como lições escolares e pequenas tarefas diárias em casa.

“Além disso, vale a pena destacar, ao ler essa história, que a inteligência dos porquinhos foi essencial para viverem bem, visto que não usaram violência, como fez o lobo mau: ou seja, o trabalho honesto, a bondade e a inteligência são qualidades que vale a pena manter e cultivar”, finaliza Cynthia.


*Criada em 2014, a Leiturinha é o maior clube de assinatura de livros infantis do Brasil, promovendo o hábito da leitura compartilhada para mais de 50 mil famílias, distribuídas em mais de 4 mil cidades brasileiras. A atuação da empresa se baseia no incentivo à leitura e na curadoria dos livros, para proporcionar experiências de aprendizado e diversão em família.

http://www.leiturinha.com.br




ColunistasComportamentoDesenvolvimentoDiversãoEducaçãoHome0 a 2 anos3 a 8 anos