O Portal
da Vida em Família
11/04/2021

Endometriose em adolescentes: como identificar e tratar

Compartilhe a matéria

A ginecologista e obstetra Ligia Santos, colunista do Papo de Mãe, explica que a endometriose pode aparecer na adolescência e é preciso tratar.

Por Papo de Mãe

A endometriose atinge cerca de 10% das mulheres em idade reprodutiva e pode atingir a fertilidade da mulher, além de reduzir a qualidade de vida dela.

A ginecologista e obstetra Ligia Santos alerta para a importância do diagnóstico precoce para que o tratamento comece logo e, assim, sejam evitadas as sequelas da doença, fazendo com que a endometriose fique controlada o mais cedo possível.

“Pesquisas indicam que dois terços das mulheres que têm endometriose já começaram a sentir os sintomas na adolescência, antes dos 20 anos”, diz a Dra. Ligia. E ela completa: “Uma menina que tem muita dor durante a menstruação precisa de uma atenção especial”.

O endométrio é a camada mais interna do útero, onde fica o bebê. Todo mês esta camada descama e as células são expelidas pela vagina. Mas, em alguns casos, células do endométrio se implantam em outros lugares provocando assim a endometriose, provocando aderências e gerando inflamação local causando infertilidade e dor.

Ter dor durante a menstruação é comum, desde que leve. A cólica que não melhora com nada e é incapacitante é tida como anormal e é preciso investigar as causas. “Dores para evacuar, urinar e outras dores fora do período menstrual também podem se manifestar em casos de endometriose”, completa a ginecologista.

Assista ao vídeo completo com a explicação da Dra.Ligia Santos e se inscreva no Canal Papo de Mãe

 

Às vezes o diagnóstico leva anos para ser concluído

O diagnóstico da endometriose pode ser feito a partir de exames de ultrassonografia, de ressonância magnética ou por cirurgia (laparoscopia diagnóstica), uma medida mais rara. Também existem medicamentos para controlar a endometriose, como contraceptivo hormonal (pílula anticoncepcional) para bloquear a menstruação.

Dra.Ligia explica que não tem problema a adolescente tomar anticoncepcional e ele pode ser importante para estabilizar a endometriose e amenizar o desenvolvimento da doença e os sintomas.

Também deve ser levado em conta se a menina já tem ou não vida sexual ativa.

O dia Internacional da luta contra endometriose é 7 de maio.

Veja também

18 mitos e verdades sobre a endometriose

AS DORES DA ENDOMETRIOSE (Gapendi)

ENDOMETRIOSE – O que é ?




Compartilhe a matéria

Tags: , , , ,