Papo de Mãe
Papo de Mãe

Mães possíveis

Roberta Manreza Publicado em 16/01/2017, às 00h00 - Atualizado às 11h49

None
16 de janeiro de 2017


Por Mariana Kotscho*, 

São muitas teorias, regras, palpites, manuais. Quem tem filhos sabe bem como somos bombardeados diariamente com receitas milagrosas sobre como fazer a criança parar com a birra, dormir a noite toda ou comer de tudo.

Aí você tenta colocar em prática e não dá certo, e você se acha a pior mãe ou o pior pai do mundo. Mas afinal quem disse que ia ser fácil?

A missão com os filhos é algo bem mais complexo e nós temos que entender que nem sempre vamos alcançar o ideal, não vamos conseguir agradar aos outros nem vamos nos livras dos julgamentos.

O jeito é aplicar aquela velha dica: entra por um ouvido e sai pelo outro. Porque tá cheio de gente por aí achando que sabe o que é melhor pra você, mas só você sabe o que acontece dentro da sua casa e tem o poder de reconhece suas limitações.

Então não liga, porque é aquela história: não dá pra ser a mãe perfeita, mas sim a mãe possível, aquela que cabe dentro de nós.

O que acredito é que a troca de experiências sempre ajuda. A gente vai testando e daí vê o que funciona.

*Mariana Kotscho é mãe, jornalista e apresentadora do Programa Papo de Mãe da TV Cultura.




ColunistasMariana Kotscho (2)Home