Papo de Mãe
Papo de Mãe

Dia de São João, com saúde fica bão, sô!

Roberta Manreza Publicado em 25/06/2016, às 00h00 - Atualizado às 08h24

None
25 de junho de 2016


Blog da Saúde – Ministério da Saúde

shutterstock 281019788

Você sabia que as festas juninas surgiram ainda na idade média para comemorar três santos populares? Santo Antônio (13 de junho), São João (24 de junho) e São Pedro (29 de junho)? As festas, trazidas pelos portugueses, ganharam força no Brasil e viraram folclore nacional. De norte a sul, as roupas caipiras, fogueiras, e comidas típicas caíram no gosto da população. Mas cuidado para não exagerar na ‘comilança’.

Mesmo com todas as opções de comida disponíveis em uma festa junina, é possível seguir uma alimentação baseada em alimentos in natura ou minimamente processados, como recomenda o Guia Alimentar da População Brasileira do Ministério da Saúde (MS). Dê preferência à comida de verdade!

Evite preparações baseadas em alimentos ultraprocessados como sorvetes, embutidos (salsichas, presuntos etc), refrigerantes e bolos industrializados. Prefira comidas feitas com alimentos in natura como milho, coco e mandioca. Ao preparar os quitutes para a festa, utilize com moderação açúcar, gordura e sal.

Como? Evite utilizar leite condensado e reduza a quantidade de açúcar da canjica, utilizando canela para conferir mais sabor; retire o excesso de gordura da carne para fazer o churrasquinho e reduza a quantidade de óleo para fazer a pipoca na panela; evite o uso de temperos prontos ao preparar a galinhada ou arroz carreteiro, dando preferência a temperos naturais como coentro, cebolinha, alho, cebola e pimentão.

Coma devagar e curta as companhias! Desfrute dos alimentos sem pressa, assim seu organismo dará sinais mais claros quando estiver saciado. Desta forma, você evitará comer mais do que o necessário.

A Coordenação Geral de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde separou esta receita que você pode fazer em casa, substituindo ingredientes por outros mais saudáveis. Confira:

ReceitasJuninas-01

Aline Czezacki, para o Blog da Saúde

Leia também: 




AlimentaçãoDicasDiversãoHome3 a 8 anos9 a 12 anos