Papo de Mãe
Papo de Mãe

Crianças X Internet

Roberta Manreza Publicado em 20/08/2015, às 00h00 - Atualizado em 03/09/2015, às 16h12

None
20 de agosto de 2015


Por Solange Melo*, psicóloga

Como tudo na vida, o mundo virtual também precisa de limites e esses limites devem ser dados pelos pais sempre.   Uma pena que nem sempre ( ou muitas vezes ) esses limites não sejam dados e por conta disso, as crianças se exponham cada vez mais a um mundo que pode se revelar extremamente perigoso.

Pais tem cada vez menos tempo para ficar com seus filhos e a internet  tem sido uma grande ferramenta para distrair esses pequenos. Distrair, ensinar, informar. No entanto, essa babá virtual pode ser prejudicial.

Crianças se isolam de seus amigos, levam uma vida sedentária, desenvolvem problemas físicos pela digitação excessiva, deixam de interagir com a família.  Tudo isso em substituição à tecnologia virtual.

Não se trata de proibir, mas de restringir. Ver crianças em grupo e se falando pelos celulares, ver crianças em restaurantes focadas nas telinhas, virou lugar comum.

A internet hoje é um caminho sem volta, nós sabemos, mas esse caminho não precisa gerar a diminuição da comunicação presencial entre as pessoas.  Já dizemos que a internet é a tecnologia capaz de aproximar quem está distante, porém de afastar quem está perto. Isso é muito triste e não deve acontecer.

Estabelecer limites, limitar horários, incentivar a prática da leitura, de esportes, de atividades ao ar livre, do prazer em assistir bons filmes é tarefa fundamental dos pais.

*Solange Melo é psicóloga clínica, de formação psicanalítica, atende adultos, adolescentes, crianças, casais e famílias e é colaboradora do Portal Papo de Mãe.  Contato: solangemelopsicologa@gmail.com
Facebook:  Solange Melo Psicóloga. Atendimentos particulares e convênios.



ComportamentoDesafios / DilemasDiversão