Papo de Mãe
Papo de Mãe

Saúde visual: a importância do teste do olhinho

pmadmin Publicado em 14/06/2010, às 00h00 - Atualizado às 18h39

14 de junho de 2010


Olá!O programa deste último domingo foi sobre a saúde visual dos nossos filhos, e é sobre este assunto que continuaremos falando aqui no blog no decorrer da semana. Durante a conversa, contamos com a presença do oftalmologista Dr. Samir Bechara que nos ajudou a esclarecer uma série de dúvidas sobre os mais diversos problemas que podem acometer a visão das crianças como, por exemplo, a ambliopia, a miopia, o astigmatismo, o estrabismo, a hipermetropia, a retinopatia da prematuridade, entre outros. Falamos também sobre a importância do primeiro exame visual, o qual deve ser feito ainda na maternidade, nas primeiras 48 horas de vida. É o chamado TESTE DO OLHINHO ou TESTE DO REFLEXO VERMELHO, um exame indolor baseado no mesmo fenômeno que se observa quando se fotografa uma pessoa e a pupila fica vermelha. Porém, ao invés de se utilizar uma máquina fotográfica, se utiliza outro equipamento chamado oftalmoscópio direto. Este aparelho permite ao médico que realiza o exame observar um reflexo avermelhado na pupila, o que é considerado normal. Entretanto, na presença de doenças oculares (catarata, opacidades de córnea, retinoblastoma, etc), este reflexo apresenta-se comprometido ou inexistente (neste caso a criança deve ser encaminhada imediatamente para tratamento). Infelizmente, no Brasil, na maioria dos serviços de neonatologia, os olhos dos recém-nascidos ainda não são adequadamente examinados. Para se ter uma idéia, somente nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina e Paraná o teste do olhinho é obrigatório por lei. Esperamos que esta situação mude, afinal trata-se de uma questão de saúde pública! Para saber mais acesse: http://www.testedoolhinho.org.br/. E aqui vai uma dica: Observe uma fotografia de seu filho. Se em vez do reflexo vermelho (normal) que fica nos olhos aparecer uma mancha branca ou alguma assimetria, procure um oftalmologista para descartar qualquer possibilidade de problema visual!No próximo post falaremos mais a respeito de problemas visuais e sobre o trabalho de instituições como a Laramara, Instituto Benjamin Constant, Íris e Fundação Dorina.
Fiquem agora com o primeiro bloco do programa!
Um grande beijo e até mais!!!