Papo de Mãe
Papo de Mãe

Presença do pai ajuda a criança a desenvolver a independência

Roberta Manreza Publicado em 09/08/2016, às 00h00

None
9 de agosto de 2016


Por Fundação Maria Cecília Souto Vidigal

Desde o acompanhamento pré-natal, a presença do pai traz uma série de benefícios para a família. No entanto, apesar de mais de noventa por cento dos brasileiros concordarem que o pai deve participar ativamente desta fase, indo à consultas, conhecendo os hospitais e médicos e estando presente na hora do parto, apenas 41% dos pais declararam ter feito isso.

O apoio do pai é fundamental para o bem-estar da família nesse processo. Durante a licença-paternidade, pode promover o apoio e o auxílio nas tarefas com o bebê e com a casa para garantir que a mulher e o bebê estejam calmos.

A presença do pai durante todos os estágios da primeira infância traz uma série de benefícios para a criança e para ele mesmo. Durante a brincadeira, o pai se torna referência para desenvolver a autonomia, mostrando aos pequenos que a mãe não é a única cuidadora.

As dicas são da Fundação Maria Cecília Souto Vidigal, que apresenta essas e outras informações neste vídeo:

Veja também:




ComportamentoDesenvolvimentoDicasHomeRelação com a Família