Papo de Mãe
Papo de Mãe

E a Pimenta Ciumenta ataca novamente!

Roberta Manreza Publicado em 09/02/2017, às 00h00 - Atualizado às 10h42

None
9 de fevereiro de 2017


Por Mira Wajntal*, psicanalista

Lidar com os ciúmes dos filhos não é tarefa fácil. Em geral, acreditamos que é um problema apenas entre irmãos, mas logo que se inicia a convivência em grupo, veremos que todos, adultos e crianças, passamos pelo drama do ciúme. E aí está a primeira grande chave para lidar com a questão: assumir que ciúme existe e todos nós sentimos.

Então, acredito que a melhor maneira de ajudar os nossos pequenos é disponibilizar para eles a nossa compreensão das coisas, ajudando-os a entender alguns sentimentos que por vezes não são fáceis de ter.

Sendo mãe de duas crianças com pouca idade de diferença, o drama dos ciúmes é quase que cotidiano. Bom… mas como não ter ciúmes de ser “a pêssega da mamãe”? Ou ser “a bochechinha cereja” mais linda do mundo? As cenas de manifestações de ciúmes são infernais, quase inibem os nossos mais apaixonados afetos pelos filhos, o que também é muito ruim.

Foi, então, que a anti-heroína Pimenta Ciumenta surgiu em nossas casas. Ataca a todos nós, sem exceção! Em geral, quando uma criança está recebendo muita atenção, ouvimos o choro da outra sendo atacada:

– “Puxa vida! Olha a Pimenta Ciumenta, tá atacando! Vem para cá, pertinho, você também, que a gente faz ela ir embora”. Comentamos com a criança ciumenta.

– “Como esta Pimenta Ciumenta é chata! Também ataca sempre quando estamos sozinhos, hein?”, tentamos confortar.

Hora da refeição e as crianças brigam para ver quem é que vai sentar perto do pai. Não é que a Pimenta Ciumenta também atacou a mamãe?!

O fato é que esta anti-heroína, a Pimenta Ciumenta, ajudou tanto a elaborar e metaforizar este dramático cotidiano que recentemente,” até a convidei” para participar de um atelier terapêutico com crianças que coordeno – ela fez bastante sucesso!

*Mira Wajntal  é Psicanalista, mestre em Psicologia Clínica pela PUC-SP. Membro do departamento de Psicanálise do Instituto Sedes Sapientiaes. Autora do livro “Uma Clínica para a Construção do Corpo”, Via Lettera, SP, 2004. Organizadora “Clínica com crianças: enlaces e desenlaces”, Casa do Psicólogo, SP, 2008.

e-mail: mira.wajntal@gmail.com 

Papo de Mãe recomenda: 




ColunistasComportamentoHome