Papo de Mãe
Papo de Mãe
» SAÚDE E ESTÉTICA

Vale a pena fazer botox preventivamente?

Entenda quando é a hora certa para fazer botox e prevenir as rugas

Renata Kotscho* Publicado em 10/05/2022, às 06h00

Botox é uma substância que bloqueia a transmissão de impulsos entre as terminações nervosas e os músculos
Botox é uma substância que bloqueia a transmissão de impulsos entre as terminações nervosas e os músculos

A partir dessa semana eu vou escrever sobre beleza e cuidados com a pele aqui no Papo de Mãe. Minha ideia é responder  perguntas das leitoras como uma amiga e conselheira médica, falando dos benefícios, mas também dos custos e dos efeitos colaterais dos tratamentos de beleza.

Então, como seremos amigas, deixem eu me apresentar. Meu nome é Renata, tenho 47 anos, sou mãe de 3 filhas adolescentes. Sou formada em medicina pela Unicamp e desde de 2011 estou morando nos EUA onde fiz também uma especialização em medicina estética. 

A primeira pergunta é de uma amiga minha: Daniela tem 35 anos, uma casal de filhos e está fazendo seus primeiros tratamentos de botox depois que percebeu as primeiras rugas em volta dos olhos, os famosos “pés de galinha”. A pergunta da Dani é se ela não está atrasada no tratamento, se não teria sido melhor ter começado o botox antes, para prevenir as rugas. 

Sugestão: assista ao Papo de Mãe sobre cuidados com a pele

É interessante como parece ser algo inerente às mães, ou possivelmente a todas as mulheres, um sentimento de culpa. É como se a gente nunca fosse boa, ou bela, o suficiente, sempre poderíamos ter feito “um pouco mais”. Normalmente, como dessa vez, não é o caso.

Botox, nome comercial da toxina botulínica, é uma substância que bloqueia a transmissão de impulsos entre as terminações nervosas e os músculos. Com isso, os músculos no local onde ele é aplicado ficam relaxados, o que diminui a aparência das rugas e linhas de expressão.

O botox preventivo é controverso. É claro que as linhas mais finas e recentes são mais fáceis de tratar do que as mais antigas e profundas. É também intuitivo supor que se a pessoa fizer tratamentos de botox antes das rugas aparecerem, elas vão demorar mais para surgir enquanto a pessoa estiver fazendo os tratamentos. A questão é: a que custo?

Aplicações de botox não são baratas e o efeito dura entre 4 e 6 meses, então a pessoa teria que fazer o tratamento preventivo pelo menos duas vezes por ano. Outra questão é saber quais pontos do rosto atacar. Tem pessoas que têm mais rugas em volta dos olhos, outras mais linhas na testa, ou entre os olhos, por exemplo. Cada pessoa envelhece de um jeito diferente. Sem saber onde as rugas irão aparecer, o botox preventivo deveria ser feito em várias áreas do rosto, o que encareceria ainda mais o tratamento.

Outro aspecto a se considerar é que o botox é um tratamento relativamente recente. A toxina já era usada em oftalmologia desde 1973, mas foi só no finalzinho da década de 80 que ela passou a ser utilizada na medicina estética para tratar rugas e, só mais recentemente, se popularizou. Por esse motivo, ainda temos poucos estudos sobre os efeitos de aplicações continuadas da toxina no longo prazo. 

Por isso, uma pessoa que começar a usar botox com 20 anos, possivelmente vai usar o produto por muitas décadas e é difícil prever, por exemplo, se com o passar do tempo o corpo não irá gerando uma tolerância à substância que pode perder efeito bem no momento em que as rugas incomodam mais.

Por esse motivo, como amiga, eu disse para a Dani se livrar da culpa. Não tem muita vantagem começar a usar botox antes das rugas aparecerem.

Veja também:

O importante é que existem outros tratamentos preventivos mais baratos e tão ou mais eficientes do que o botox para retardar o aparecimento das rugas, já que prevenir é impossível, mais cedo ou mais tarde elas vão aparecer para todas e todos. O tratamento mais importante é o uso diário do filtro solar. Sim amiga, é pra usar todo dia, faça chuva ou faça sol, mesmo que você passe o dia em casa ou no escritório.

Manter a pele sempre bem cuidada, limpa e hidratada também ajuda, assim como cosméticos derivados do ácido retinóico, que estimulam a vascularização da pele e a produção de colágeno.

Hábitos de vida saudáveis, como beber água, dormir bem, não fumar, se alimentar direitinho evitando o efeito io-io (que acaba gerando flacidez na pele) também são fundamentais para manter a pele sempre bonita e atrasar os efeitos do envelhecimento. Então é isso, economize o seu dinheiro e deixe para fazer botox quando as ruguinhas começarem a incomodar.

Espero que eu tenha respondido à pergunta da Dani e aguardo a sua. 

Renata Kotscho
Renata Kotscho

*Renata Kotscho é médica formada pela Unicamp, especializada em medicina estética pela American Board of Aesthetic Medicine e responde aqui as perguntas das leitoras do Papo de Mãe sobre cuidados com a pele, unhas e cabelos. Mande sua dúvida no Instagram @drarenatakotscho ou no email criado para essa coluna do Papo de Mãe amigadaminhapele@gmail.com.

Acompanhe o Papo de Mãe nas redes sociais:

Instagram: @papodemaeoficial l Twitter: @papodemae l Facebook

ColunistasRenata Kotscho