Papo de Mãe
Papo de Mãe
» RISCOS DO HPV

Vacinação contra HPV tem campanha em vários locais do país

Entenda a importância da vacina contra o HPV e quais as faixas etárias de meninas e meninos que podem receber a imunização pelo SUS

Carolina Novaes* Publicado em 31/05/2021, às 13h58

Mulher com vacina na mão
Mulher com vacina na mão

A vacina HPV quadrivalente protege contra HPV 6, 11, 16 e 18, que estão entre os dois principais tipos responsáveis pelo câncer de colo do útero. Desde 2014, foi incluída no Calendário Nacional de Vacinação do Sistema Único de Saúde, o SUS, com a população-alvo, meninas de 11 a 13 anos de idade, sendo ampliada em 2015, para 9 a 13 anos de idade.

Para meninos, a faixa etária é entre 11 e 14 anos.

Com um esquema vacinal de três doses, com intervalos de dois a seis meses, a Fundação do Câncer lançou a campanha nacional #VacinarSalvaVidas, com o objetivo de conscientizar e mobilizar os pais sobre a importância da vacinação de crianças e jovens.

Leia também 

HPV na gestação: como tratar e quais os riscos?

Dia Mundial de Combate ao Câncer: Como preservar a fertilidade em casos da doença

Vacinação em adolescentes: a importância de manter a carteirinha em dia

Uma outra iniciativa, esta do Governo Federal, é para que municípios que tenham vacina de HPV com prazo de validade até setembro, vacinem também homens e mulheres, com até 26 anos, até durarem os estoques. 

Essas orientações são do Ministério da Saúde. Com o objetivo de evitar desperdício de doses, as pessoas que tomarem a primeira dose neste período, excepcionalmente, terão as duas doses subsequentes garantidas no SUS. 

*Carolina Novaes é repórter do Papo de Mãe

Família9 a 12 anosAdolescenteCriançaSaúde