Papo de Mãe
Papo de Mãe

Superdotados/portadores de altas habilidades: como identificá-los?

pmadmin Publicado em 07/12/2011, às 00h00 - Atualizado em 19/09/2014, às 19h39

7 de dezembro de 2011


Superdotados: educandos que apresentam notável desempenho e/ou elevada potencialidade nos seguintes aspectos, isolados ou combinados: capacidade intelectual, aptidão acadêmica, pensamento criador, capacidade de liderança, talento especial para arte, habilidades psicomotoras, necessitando atendimento educacional especializado.(Portaria CENESP/MEC-nº 69, 28/08/86, artigo 3º)Apesar de não existir um padrão homogêneo de comportamento entre os portadores de altas habilidades, há algumas características que podem ser apontadas como relevantes na avaliação e identificação de indivíduos superdotados. É importante lembrar que os superdotados poderão apresentar vários dos traços descritos, mas não necessariamente todos eles. Um portador de altas habilidades pode apresentar as seguintes características gerais:• Desenvolvimento físico precoce: crianças que engatinham, falam ou andam mais cedo do que as outras;• Maior tempo de atenção e vigilância, reconhecendo as pessoas que cuidam dele desde cedo;• Linguagem adquirida mais cedo, com vocabulário avançado para a idade;• Aprendizagem rápida, com ajuda ou estímulo mínimos;• Curiosidade, com capacidade de elaborar perguntas complexas e persistência para a obtenção das respostas;• Grande concentração, motivação e persistência quando estão interessadas em algo;• Interesses quase obsessivos em áreas específicas, a ponto de se tornarem especialistas;• Alta sensibilidade, apresentando reações intensas a ruídos, dor e frustração; • Alto nível de energia, que pode ser confundido com hiperatividade, em especial quando não são suficientemente estimuladas.Especificamente em relação as habilidade acadêmicas, podemos destacar:• Aquisição precoce da leitura, com instrução mínima e leitura voraz;• Fascinação por números e relações numéricas;• Memória poderosa e detalhada, em especial relacionada a uma determinada área de interesse;• Capacidade de raciocínio lógico e abstrato;• Facilidade para perceber relações de causa e efeito;• Capacidade de transferir aprendizagens de uma situação para outra;• Habilidade para estabelecer generalizações;• Ampla base de conhecimento, com grande quantidade de informações sobre um assunto específico de interesse ou sobre uma variedade de assuntos; • Habilidade de resolver problemas difíceis e incomuns;• Alto grau de concentração, envolvimento e persistência quando trabalhando em uma área de interesse;• Pensamento divergente: capacidade de gerar um grande número de soluções ou idéias para um determinado problema ou questão;• Grande capacidade de crítica e avaliação – consegue identificar inconsistências rapidamente.Nos aspectos sociais e afetivos:• Apreço pela solidão, muitas vezes por não terem outras crianças com quem compartilhar seus interesses;• Preferência pela companhia de crianças mais velhas;• Senso de humor apurado, com a tendência de ver humor em situações que não parecem humorísticas para os outros;• Interesse por problemas filosóficos, morais, políticos e sociais;• Criatividade;• Sensibilidade para a beleza;• Capacidade de encontrar soluções intuitivamente, estabelecendo relações entre os conhecimentos prévios e situações desconhecidas;• Espírito de aventura, disposição para correr riscos;• Atitude não-conformista, capacidade de resistir à pressão do grupo;• Pouca necessidade de motivação externa quando envolvido em trabalho ou projeto relativo à área de interesse;• Preferência por situações nas quais possa ter responsabilidade pessoal sobre o produto dos seus esforços;• Auto-confiança;• Comportamento cooperativo;• Capacidade de comunicação e articulação de idéias;• Habilidade de organizar pessoas e situações, com tendência a dirigir atividades em grupo;• Tendência a ser respeitado pelos colegas;• Comportamento responsável e comprometido.(cf. Winner,1998; Conbrasd,s/d; Johnsen,2006; Brasil,2002).  Outras características: • Inconformismo com a rotina; • Senso de humor; • Interesse por desafios; • Espírito crítico; • Interesse por conceitos acadêmicos; • Curiosidade; • Estabelecer relações entre fatos.

Algumas dificuldades que podem apresentar os PAH: • Falta de interesse; • Baixo rendimento escolar; • Hiperatividade; • Isolamento; • Falta de amigos; • Sentimento de frustração; • Introversão; • Agressividade; • Apatia; • Tristeza ou mágoa; • Outros. Fonte:  Associação Paulista para Altas Habilidades/SuperdotaçãoSaiba mais:Direitos dos portadores de altas habilidades/superdotadosCentros de referência aos portadores de altas habilidades/superdotados


Diversos