Papo de Mãe
Papo de Mãe
» DIA DOS PAIS

"Ser um pai presente não me faz menos homem", diz funcionário que recebeu kit de cuidados com o bebê

Para o dia dos pais, empresa optou por entregar os mesmos presentes que as futuras mães recebiam

Redação Papo de Mãe Publicado em 07/08/2021, às 07h00

Antônio Carlos da Fonseca recebeu itens de higiene e cartilha que orienta a trocar as fraldas do bebê, por exemplo - Divulgação / Comunicação Sem Fronteiras
Antônio Carlos da Fonseca recebeu itens de higiene e cartilha que orienta a trocar as fraldas do bebê, por exemplo - Divulgação / Comunicação Sem Fronteiras

Os cuidados com o recém-nascido, na grande maioria das vezes, ficam a cargo da mãe. Auxílios-maternidade oferecidos por empresas, geralmente, possuem um tempo maior do que a folga oferecida para os pais, como se a figura masculina fosse responsável pela criação dos filhos apenas em momentos pontuais.

Para ser estimulado a estar presente na vida dos filhos, Carlos Antônio da Fonseca, auxiliar de eletricista em uma empresa de Goiânia, a Consciente Construtora e Incorporadora, recebeu um kit de cuidados com o bebê como presente de dia dos pais. Pai de três meninas, será a primeira vez que Carlos passará o dia com a caçula, que nasceu há um mês.

Nós vivemos em uma sociedade cheia de preconceitos, e muitos homens acham que tarefas domésticas devem ser realizadas exclusivamente por mulheres. Acredito que todos devem ajudar e me sinto honrado em contribuir nas tarefas. Isso não me faz menos homem." (Carlos Antônio da Fonseca)

Veja também:

A empresa de Antônio tomou a iniciativa de enviar os kits com produtos de higiene e uma cartilha que orienta sobre a divisão de tarefas na hora de cuidar do bebê, sobre as vacinas que o recém-nascido precisa receber e também sobre a organização das finanças. 

Segundo a empresa, "não há distinção entre os sexos" na hora de enviar o presente. "Os futuros pais e mães recebem o mesmo tratamento da empresa, que procura conscientizá-los sobre a importância de estar presente no dia a dia do bebê", disse em nota.

A cartilha traz, por exemplo, informações sobre a importância do pai na hora de trocar as fraldas. "Ao mesmo tempo que é extremamente gratificante cuidar do bebê, poder participar desse processo é também dividir afazeres e responsabilidades. A jornada por si só já é cansativa", afirmou o eletricista.

Carlos Antônio conta que poder participar ativamente do cuidado e da criação de Charlote e de suas outras duas filhas não apenas é um lado essencial da paternidade, como é um momento único na sua vida. Para finalizar, ele deixa um recado aos pais que ainda não se fazem presentes dessa forma na vida dos filhos:

O pai precisa estar perto, disponível para os filhos. Seja um pai presente, acompanhe atentamente o crescimento dos seus filhos, pois esse é um momento único na vida de um homem." (Carlos Antônio da Fonseca)

Veja o Papo de Mãe sobre pais que cuidam dos filhos sozinhos:

BebêPai/MãeRelação com a Família