Papo de Mãe
Papo de Mãe
» BEM-ESTAR

Saúde mental das crianças e adolescentes. Quais os sinais de problemas?

A pandemia de Covid-19 e a saúde mental dos nossos filhos. Você sabe reconhecer se algo não vai bem com sua criança ou adolescente?

Ana Laura Kawasaka* Publicado em 13/05/2021, às 00h00 - Atualizado às 12h22

Pandemia aumenta o risco de saúde mental em jovens e crianças
Pandemia aumenta o risco de saúde mental em jovens e crianças

Com o estresse, medo e incertezas que a pandemia trouxe, muitas crianças e adolescentes estão sofrendo para se adaptar emocionalmente.

O primeiro passo é convidar a criança a falar como está se sentindo. O adolescente talvez tenha dificuldade de se abrir, por medo, vergonha e por não querer incomodar o adulto com seus problemas. Já a criança menor pode não saber expressar o que está sentindo e demonstrar apenas pelo comportamento.

Alguns sinais de que a criança pode estar sofrendo e precisa de ajuda

Crianças menores

– Agitação e irritabilidade, choro fácil e dificuldade de consolar

– Mudanças no hábito do sono (dormir mais ou ter insônia)

– Distúrbios gastrointestinais, como diarréia ou constipação, além de queixas de dor abdominal

– ansiedade da separação (hesitação em explorar e ficar longe dos pais)

– Bater, morder, fazer birras frequentes

-Urgência constante de ter suas necessidades atendidas mas sem nunca se sentir satisfeito

– Voltar a fazer xixi nas roupas ou na cama após já ter sido desfraldado

– Conflitos, agressões e brincadeiras com temas de doença ou morte

Adolescentes

– Mudanças no humor, tais como irritabilidade, tristeza, raiva e brigas frequentes com familiares

– Mudanças no comportamento, como romper relações sociais. Se seu adolescente mostrar pouco interesse em mandar mensagens ou falar por vídeo com amigos isso é um sinal para preocupação.

– Perda de interesse nas atividades que gostava, como esportes, músicas, hábitos de lazer

– Mudanças no sono, desde insônia a excesso de sono

– Mudanças no apetite, peso e hábitos alimentares, como comer o tempo todo ou nunca querer comer.

– Dificuldades de memória e concentração.

– Perda de interesse nas atividades escolares com queda no desempenho

– Mudanças na aparência, como diminuição dos hábitos de higiene

– Comportamentos de risco, como uso de álcool ou drogas

– Pensamentos ou falas sobre morte/suicídio

Fonte: Academia Americana de Pediatra

Lidar com o estresse do momento atual pode ser também muito difícil para quem não é adulto. Caso tenha notado algum desses sinais no comportamento da sua criança ou adolescente, converse com o pediatra. A perda de um ente querido ou até mesmo somente a perda da rotina podem ser grandes complicadores para a saúde mental dos nossos filhos. Saber reconhecer os sinais é importante para poder intervir e tratar adequadamente.

*Ana Laura Kawasaka, mãe, cardiologista infantil e pediatra do Saúde4kids

Saúde4kids

Saúde4kids – O amor à medicina uniu as médicas: Fernanda, Rafaella e Ana. Além da vocação em servir aos pequenos, elas tinham outra certeza: precisavam ajudar as mamães. Perceberam que muitas estavam perdidas nesse caminho cheio de novidades e incertezas que é a maternidade e, na busca por informações, as mamães se perdiam ainda mais.

Veja também:

Covid-19 em crianças

Covid-19 e a morte. Como falar sobre o tema com as crianças?

COVID-19 e os riscos para adolescentes




ColunistasComportamentoDestaquesDicasHomePandemia3 a 8 anos9 a 12 anosAdolescenteCriançaSaúdeSaúde4kids - pediatras