Papo de Mãe
Papo de Mãe
» VOLTA ÀS AULAS

Rotina saudável: conscientização e equilíbrio

A parceria com as famílias e a conscientização por parte das crianças é peça-chave para uma rotina saudável

Arthur Consiglio Campelo* Publicado em 12/05/2022, às 08h00

As crianças precisam de tempo para se exercitar, se alimentar, estudar e ter um entretenimento
As crianças precisam de tempo para se exercitar, se alimentar, estudar e ter um entretenimento

Voltar à rotina escolar depois de tanto tempo estudando em casa não é tarefa fácil, mas com estratégia e incentivo por parte de professores e família é possível.

Antes da pandemia, fazer a lição de casa era um compromisso rotineiro, mas depois de dois anos de confinamento com aulas remotas e professores mais tolerantes com atrasos e dificuldade dos alunos, chegou o momento de retornar ao ritmo anterior. Não é uma missão simples, considerando o universo e as particularidades de cada estudante, por isso, a parceria com as famílias e a conscientização por parte das crianças é peça-chave.

Como professor de Educação Física, tenho a missão de contribuir para que os alunos retornem de maneira saudável ao ritmo anterior a 2020 e 2021, quando estavam em ambiente remoto. A criação do projeto “Rotina Saudável” no Colégio Santa Maria conta com o preenchimento de um quadro com cores diferentes para organizar a rotina. À medida que existe um equilíbrio entre as cores preenchidas, os alunos estão indo no caminho certo.

Sugestão: assista ao Papo de Mãe sobre volta às aulas

A proposta é simples: as turmas do 6º ano estudam pela manhã, portanto o desafio é distribuir os horários da tarde de uma forma que as crianças tenham tempo para se exercitar, se alimentar, estudar e ainda ter um entretenimento, que pode ser um jogo, um passeio ou até mesmo ver algo na televisão. O quadro da rotina marca tudo o que elas fazem das 13h, quando chegam da escola, até 0h.

Com a volta às aulas presenciais, o cansaço é físico e mental, o que durante as aulas on-line não acontecia porque as crianças ficavam a maior parte do tempo sentadas. Portanto, ao chegarem em casa, entendem que não é necessário fazer mais nada, o que é preciso desconstruir. Busco incentivar a boa alimentação, a hidratação e o descanso também para que os alunos e alunas se habituem ao antigo ritmo, sem deixar de lado as atividades físicas que contribuem para o funcionamento do cérebro.

Veja também:

Ainda é momento de adaptação, nem todos os estudantes estão conseguindo dedicar o tempo adequado e equilibrado aos pontos da rotina saudável, em especial aos estudos. Busco explicar que ter consciência de que equilibrar a rotina é fazer aquilo que gosta, mas principalmente cumprir com as obrigações de estudante. Assim, o hábito de estudar e a revisão de conceitos passados durante o dia é muito importante, e vai além da produção de tarefas solicitadas em sala de aula.

A partir do momento que a criança consegue entender seus compromissos, pode tornar o processo muito mais leve e significativo para uma real aprendizagem. O apoio e suporte da família são de suma importância para que os momentos da rotina saudável sejam cumpridos. A criança pode se organizar sozinha, mas a formação de bons hábitos se fortalece se ela estiver com as pessoas que compartilham do mesmo ambiente e objetivo.

*Arthur Consiglio Campelo é professor de Educação Física do Colégio Santa Maria

Acompanhe o Papo de Mãe nas redes sociais:

Instagram: @papodemaeoficial l Twitter: @papodemae l Facebook