Papo de Mãe
Papo de Mãe
» CHEGOU A HORA!

Quando é feita a indução do trabalho de parto?

A ginecologista e obstetra Ligia Santos, colunista do Papo de Mãe, explica quando é feita a indução do trabalho de parto.

Papo de Mãe Publicado em 05/05/2021, às 00h00

Chegou a hora! Especialista responde dúvidas sobre a indução do parto
Chegou a hora! Especialista responde dúvidas sobre a indução do parto - (Foto: Rafael Henrique - Pexels)
O parto induzido entra como uma forma de “ajudar”o parto normal e essa indução pode acontecer de diversas formas. Há indicações e contra-indicações.

“É um conceito totalmente errado achar que a indução do trabalho de parto é algo agressivo”, afirma a ginecologista e obstetra Ligia Santos. Ela explica que este método é utilizado no mundo inteiro e que na maioria das vezes é seguro e muito bem indicado.

O problema é que as pessoas ainda encaram a indução como “forçar um parto normal” e questionam coisas como “por que não faz cesariana”? A Dra. Ligia esclarece que parto normal é sempre muito melhor do que cesárea, então vale a pena ao máximo fazer com que ele aconteça.

O parto induzido entra como uma forma de “ajudar”o parto normal e essa indução pode acontecer de diversas formas. Há indicações e contra-indicações.

Assista aqui a Dra.Ligia Santos falando sobre indução de parto e se inscreva no canal Papo de Mãe

Indicações para a indução do parto normal

Segundo a médica, uma das indicações é quando é uma gestação que já passou do período esperado, por exemplo.

Outro motivo para induzir o parto é quando a mãe está com alguma questão de saúde que pode colocar a vida dela em risco. Ou quando o bebê corre algum risco.

Um outro motivo é quando existe uma infecção de membrana ovular.

Quando não deve ser induzido?

Em casos de mulheres que já fizeram muitas cirurgias no abdomen, quando o bebê é muito grande, se o bebê está numa posição ruim, se tem placenta prévia, se a mulher tem infecção de herpes ativa ou algum tumor são alguns dos motivos pelos quais não se decide pela indução.

Como se faz a indução

  • romper a bolsa
  • descolar a membrana
  • colocar sonda no canal vaginal
  • uso de medicamentos

O tempo da indução varia muito de mulher para mulher. Pode durar horas ou dias o trabalho de parto. É possível parar a qualquer momento se houver risco e então optar por cesariana. É preciso avaliar na hora.

Veja também

O que é um plano de parto?

O intervalo ideal entre as gestações




ColunistasDra.Ligia SantosHomeGravidezO PartoPrimeira InfânciaVídeos