Papo de Mãe
Papo de Mãe
» SEGURANÇA INFANTIL

Precisamos falar de prevenção: não deixem crianças sozinhas e sem um ambiente seguro!

A importância do cuidado reforçado na supervisão de crianças para a prevenção de acidentes

Erika Tonelli* Publicado em 11/04/2022, às 14h00

Criança brincando na janela
Criança brincando na janela

No último sábado, dia 09 de abril, tivemos a triste notícia de mais uma criança de 5 anos vítima de um acidente fatal, na cidade de Chapecó-SC. Precisamos continuar falando sobre esses casos até conseguirmos atingir um nível maior de conscientização da sociedade sobre a urgência de promovermos espaços seguros e protetores para crianças.

Um dado chama atenção quando olhamos para os números de crianças que perderam a vida por causas acidentais: mais da metade das vítimas (54,8%) eram menores de 5 anos (DATASUS, 2019). Nessa faixa etária elas são mais suscetíveis a acidentes por serem mais frágeis e sensíveis, além de possuírem pouca experiência e capacidade para reconhecer riscos e para sair de situações perigosas. Logo, a segurança e proteção de meninos e meninas dependem dos cuidados e atenção constante de um adulto.

Nunca devemos deixar crianças menores de 10 anos sem supervisão de adultos responsáveis, seja em ambientes domésticos ou espaços comunitários. Acidentes não são fatalidades e podem ser evitados em 90% dos casos com medidas comprovadas de prevenção. O olhar atento e o cuidado de qualidade nos primeiros anos de vida da criança são primordiais para isso.

A menina deste caso recente, citado acima, foi deixada sozinha no apartamento que morava, que ainda não havia telas de proteção nas janelas. Importante ressaltar que as quedas são o quinto acidente mais letal na infância, e é o primeiro em internação. Para preveni-lo, nunca é demais reforçar: instale grades ou redes de proteção nas janelas, sacadas e mezaninos!

Assita ao Papo de Mãe sobre Segurança Infantil:

Outras dicas importantes:

  • Não permita que as crianças brinquem em escadas, sacadas e lajes.
  • Cuidado com pisos escorregadios e coloque antiderrapante nos tapetes.
  • Use portões de segurança no topo e na base das escadas. Caso a escada seja aberta, instale redes de proteção ao longo dela.
  • Mantenha cama, armários e outros móveis longe das janelas, pois eles podem facilitar que crianças os escalem e se debrucem para fora do prédio ou casa.
  • Ensine as crianças que é perigoso pular na cama e no sofá, principalmente na companhia de irmãos ou amigos.

Além da implementação dessas dicas, a primeira delas que deve ser seguida à risca é: crianças precisam sempre estar sob a supervisão de um adulto! Precisamos entender que os riscos são imensos ao deixar meninos e meninas sem o olhar atento e cuidadoso, não somente de acidentes (que podem levar ao óbito) mas estarem vulneráveis a violências e violações de direitos de todas as formas.

Para auxiliar nessa tarefa, nós, do Instituto Bem Cuidar, preparamos um check-listpara que todos possam verificar os níveis de risco que as crianças podem correr dentro de casa, pois há inúmeras situações e objetos comuns do dia a dia que podem representar riscos para meninos e meninasse acidentarem seriamente. (Para acessar a lista basta clicar na palavra check-list).

Veja também: 

A prevenção de acidentes passa por uma mudança do comportamento de adultos, cuidadores e toda a sociedade em geral, buscando intervir antes que a crianças e adolescentes tenham sua integridade colocada em risco. Isto quer dizer a construção de um olhar mais afetivo e de que a infância necessita de cuidado de qualidade em todas as etapas do desenvolvimento, para que cresçam de forma saudável e livre de traumas (físicos e psicológicos).

Lembre-se:  A segurança e proteção de nossas crianças e adolescentes é uma responsabilidade de todos – pessoas, sociedade e do próprio Estado. Podemos mudar essa realidade com a divulgação de informações, mudanças de comportamento e tornando os espaços mais seguros. Convido você a participar dessa mudança!

Para saber mais sobre prevenção de acidentes clique aqui!

Erika Tonelli
Erika Tonelli

*Erika Tonelli é coordenadora geral do Instituto Bem Cuidar, unidade meio da Aldeias Infantis SOS para gestão do conhecimento.

Acompanhe o Papo de Mãe nas redes sociais:

Instagram: @papodemaeoficial l Twitter: @papodemae l Facebook

ColunistasErika Tonelli