Papo de Mãe
Papo de Mãe

Pesquisa revela que para a maioria das crianças o vídeo game e os jogos online estão em 1° lugar entre as atividades preferidas

Roberta Manreza Publicado em 12/09/2016, às 00h00 - Atualizado às 12h38

None
12 de setembro de 2016


O Papo de Mãe teve acesso em primeira mão à pesquisa feita pelo Ibope

Mariana Kotscho 

O IBOPE ouviu pais e mães de São Paulo e do Rio de Janeiro durante o mês de junho deste ano para fazer um levantamento sobre as atividades favoritas das crianças, com o objetivo de mostrar a influência do esporte no desenvolvimento infantil. E o resultado da pesquisa é um sinal de alerta: mostra que o mundo digital está ocupando cada vez mais espaço.

O videogame e os jogos online foram colocados como atividades preferidas das crianças, à frente de atividades recreativas ao ar livre, brincadeiras com os amigos e a prática de esportes. Essa foi a resposta de 37% dos pais.

A pesquisa, encomendada pela marca Nebacetin, também revela que mais da metade dos pais (59%) acreditam que os principais valores que o esporte proporciona aos seus filhos são a formação da personalidade (22%), sociabilidade (19%) e disciplina (18%).

nebacetin1

Infográfico Ibope / Nebacetin 2016

Os pais sabem o que é importante para a garotada e, com isso,  vivem um conflito. Ao mesmo tempo em que oferecem os eletrônicos aos filhos, enfrentam o desafio de impor limites para que as crianças não deixem as outras atividades de lado.

O levantamento também aponta a importância do exemplo dos pais: se eles praticam esportes, a chance de os filhos praticarem é maior.

A pesquisa foi analisada pela psicóloga Daniella Freixo. Em entrevista ao Papo de Mãe, ela dá dicas de como os eletrônicos podem ser usados com equilíbrio sem tirar o espaço das outras atividades e conta que simplesmente proibir a criança de usar, como forma de “castigo”, não funciona.

Veja a entrevista:

Leia também:

Assista ao Papo de Mãe sobre Joguinhos, Meu filho e o celular, e Internet:




ComportamentoDesafios / DilemasDestaquesDicasDiversosDiversãoEntrevistasHomeSaúde