Papo de Mãe
Papo de Mãe
» Antirracismo

Para repensar o 13 de maio. Dia da Abolição? Há o que comemorar?

Conversamos com o Douglas Belchior, educador e um dos  fundadores da Uneafro - cursinho popular voltado para jovens pobres e negros, sobre o dia 13 de maio.

Redação Papo de Mãe Publicado em 14/05/2021, às 18h31

Douglas Belchior, da Uneafro e da Coalizão Negra
Douglas Belchior, da Uneafro e da Coalizão Negra

Em 13 de maio de 2021 completam-se 133 anos desde a assinatura da lei Áurea pela princesa Isabel. Muito se fala sobre os avanços e semelhanças do Brasil Colônia com a atualidade; sobre uma democracia racial no país que, segundo o movimento negro, é um mito que se manteve até os dias atuais.

“O movimento negro brasileiro, no final da década de 70,  desconstrói a ideia da democracia racial, o mito da democracia racial, trazendo à luz o 20 de novembro como um dia de luta, de afirmação da identidade e reivindicação pela vida da população negra”, afirma o educador Douglas Belchior, da Uneafro e da Coalizão Negra por Direitos.

Douglas Belchior ressalta que "enquanto houver racismo não podemos falar em democracia racial por não existir a possibilidade estrutural de uma igualdade."

Como líder de vários movimentos negros, Douglas explica que o 13 de maio passou a ser um dia de denúncia, já que não existem motivos para comemorar a tardia lei da abolição: “O dia 13 de maio passa a ser uma data para falar sobre a insuficiente e inacabada lei da abolição que não garantiu leis sociais, econômicas, políticas e culturais para a população negra que construiu esse país”, ressalta. 

Nesta quinta-feira (13) acontecem vários atos pelo país e no exterior, organizados pela Coalizão Negra, numa tentativa de denúncia e afirmação pela luta do movimento negro. “Nós exigimos vacina para todos, o enfrentamento à fome e não queremos mais morrer por bala, nós precisamos dar um fim na violência policial. [...] É absolutamente necessária a construção de novos mecanismos efetivos e que funcionem de controle da prática policial”, finaliza Douglas Belchior. 

Confira a programação de atos pelo país 

ATOS DE 13 DE MAIO  

DIA NACIONAL DE DENÚNCIA CONTRA O RACISMO - COALIZÃO NEGRA POR DIREITOS | NEM BALA, NEM FOME, NEM COVID. O POVO NEGRO QUER VIVER!

Convocamos quem não aceita a barbárie e o genocídio imposto pelos governos milicianos que dirigem o país e diversos Estados, para se unir à #coalizãonegrapordireitos, hoje dia 13 de Maio, marca histórica da abolição inacabada, em manifestações por todo país. 

Programação:

º Rio de Janeiro

– Centro – Candelária

Concentração: 17h

– Maricá – Portal de Entrada da Cidade – Inoã

Concentração: 7:30h

– Macaé – Praça Veríssimo de Melo

Concentração: 15h

–Niterói – Av. Ernani do Amaral Peixoto, 577, em frente ao Fórum de Justiça e 76º Delegacia de Polícia

Concentração: 15h

–Nova Friburgo – Praça Dermeval Barbosa Moreira (Obelisco)

Concentração: 17h

– Petrópoles – Praça Dom Pedro

Concentração: 17h

– Angra dos Reis – Praça do Porto,

Concentração: 17h

º Acre

– Esquina da Alegria, Rio Branco 

Concentração: 7h

º Alagoas

– Praça Marechal Deodoro, Centro, Maceió 

Concentração: 15h

º Amapá

– Fortaleza de São José de Macapá, Macapá

Concentração: 16h

º Amazonas

– Praça da Polícia, Centro, Manaus

Concentração: 16h (17h no horário de Brasília)

º Bahia

– Praça da Piedade, Salvador 

Concentração: 11h

°Brasilia- DF

PRAÇA DOS TRÊS PODERES

Em frente ao STF 

17h00

º Ceará

–  Estátua de Iracema, Fortaleza

Concentração: 10h

º Distrito Federal

– Praça dos Três Poderes, em frente ao STF, Brasília

Concentração: 17h

º Espírito Santo

– Praça Costa Pereira – Centro, Vitória

Concentração: 17h

º Goiás

– Av. Anhanguera, 7364, Setor Aeroviário, em frente à Secretaria da Segurança Pública de Goiânia

Concentração: 13h

º Maranhão

– Praça Deodoro, São Luís

Concentração: 17h

º Mato Grosso

– Praça da Mandioca, Cuiabá

Concentração: 18h

º Minas Gerais

– Praça Afonso Arinos – Belo Horizonte

Concentração: 17h

º Pará

– Altamira – Ato Virtual às 15h

Transmissão: Coletivo de Mulheres Negras “Maria Maria” Comunema

– Santarém – Praça da Matriz

Concentração: 17h

-Belém – Praça da República

Concentração: 18h

º Paraíba

– João Pessoa – Lagoa

Concentração: 15h

º Paraná

– Londrina – Em Frente a GAECO

Concentração: 13h

– Londrina – Calçadão, Escadaria da Pernambucanas

Concentração: 17h

– Curitiba – Praça Santos Andrade

Concentração: 18h

– Ponta Grossa – Praça dos Polacos

Concentração: 18h

º Pernambuco

– Praça do Derby, Recife

Concentração: 17h

º Piauí

– Praça da Liberdade, Teresina 

Concentração: 15h

º Rio Grande do Norte

– Shopping Midway Mall, Natal

Concentração:16h

º Rio Grande do Sul

– Esquina Democrática, Porto Alegre

Concentração:17h

º São Paulo

– Atibaia, em frente a rodoviária da cidade

Concentração: 10h

– Santos – Praça José Bonifácio

Concentração: 12h

– São José dos Campos – Praça da Igreja Matriz

Concentração: 16h

– Capital – Av. Paulista – Vão livre do MASP 

Concentração: 17h

– Bauru – Praça Dom Pedro II, em frente à Câmara Municipal

Concentração: 17h

– Ilha Bela – Praça do Pimenta de Cheiro

Concentração: 17h

–Jacareí – Pátio dos Trilhos –

Concentração: 17h

– Campinas  – Largo do Rosário

Concentração: 18h

º Santa Catarina

– Rua Largo da Alfândega, Florianópolis

Concentração: 17h

º Sergipe

– Rua Abolição, Aracaju

Concentração: 17h

Atos internacionais:

º USA – Union Square, New York

Concentração: 11h30 am

º USA – Austin/Texas – Capitol

Concentração: 7h30 pm

º London – Brazilian Embassy

Concentração: 15th May at 12h am

Programação sujeita a atualização e alterações. Acesse: https://t.co/td9BRLyJLi

#ChacinadoJacarezinho

#CoalizãoNegraPorDireitos

#ForaBolsonaroGenocida

#13DeMaioNasRuas

*Carolina Novaes é repórter do Papo de Mãe

Criança