Papo de Mãe
Papo de Mãe

PAPO DE MÃE ENTREVISTA – CineMaterna

pmadmin Publicado em 08/06/2011, às 00h00 - Atualizado em 19/09/2014, às 19h47

None
8 de junho de 2011


Olá, pessoal!Estamos de volta para falar  um pouco mais sobre mães empreendedoras. E hoje preparamos uma surpresa muito bacana. Trata-se de uma entrevista feita exclusivamente para o blog com a Alexandra, Irene e Taís, fundadoras do CineMaterna,  um projeto muito legal que permite às mães irem ao cinema acompanhadas de seus bebês. Confiram a entrevista!Clarissa (blog Papo de Mãe) – O que é o CineMaterna e como surgiu a ideia?Alexandra, Irene e Taís (CineMaterna) – O CineMaterna é uma ONG que cuida do retorno da mãe recente a vida cultural, e com isso proporciona uma série de benefícios relacionados a saúde e a vida social da mãe e do bebê. A idéia surgiu no início de 2008, quando um grupo de mães resolveram ir ao cinema com seus bebês. O passeio foi tão bom que resolvemos oficializar o programa. Eu, Alexandra, Tais Viana e Irene Nagashima nos organizamos para fazer um projeto e oferecer as redes de cinema. Cada uma em sua área específica foi trabalhando para que o CineMaterna se tornasse uma referência de programa amigável e útil para as mães nessa fase específica. Clarissa (blog Papo de Mãe) – Como vocês conseguiram tornar o CineMaterna uma realidade? Quais foram os principais obstáculos no início?Alexandra, Irene e Taís (CineMaterna) – Conseguimos realizar o CineMaterna graças a muito, muito trabalho. Como todo início de negócio, demandou tempo, criatividade, esforço, investimento financeiro, persistência. Aprendemos muito do negócio, umas com as outras, com o público, com a equipe e fomos aperfeiçoando. O principal obstáculo, na minha opinião, foi descobrir um formato de negócio que fosse sustentável financeira e operacionalmente. Clarissa (blog Papo de Mãe) – Hoje o CineMaterna é um sucesso, em quantas cidades vocês estão presentes?Alexandra, Irene e Taís (CineMaterna) – Estamos presentes em 14 cidades do país. Enxergamos a ampliação da rede como um indicador bacana por nos mostrar que é um programa que fez diferença não só na nossa vida, mas na de outras mães que freqüentam nossas sessões. Para participar ativamente do projeto a mãe deve se cadastrar no site para votar no filme e receber a programação de sua cidade.Clarissa (blog Papo de Mãe)  – Existe alguma coisa da qual vocês se arrependam? Sobra tempo para cuidar dos filhos, da casa, do casamento e de si? Alexandra, Irene e Taís (CineMaterna)  – Sem arrependimentos! Temos vidas bastante corridas, pois ser empreendedora requer envolvimento 24h, a cabeça não para. Ter um negócio requer ser detalhista, meticulosa – e implementar as ideias. Dá sim para cuidar de tudo, na medida do possível. Mas que seria bom o dia ter mais horas, seria (rs).

Clarissa(blog Papo de Mãe) – Que conselho vocês dariam a mães empreendedoras que estão pensando em ir à luta e abrir seu próprio negócio? Vale a pena?

Alexandra, Irene e Taís (CineMaterna) – Vale muito a pena, desde que seja um negócio com o qual se identifique e esteja disposta a se dedicar. Uma boa ideia é um começo, mas para um negócio vingar, é fundamental a capacidade de realização. E fazer dá trabalho, requer muita dedicação. A todo momento é preciso estar atenta aos detalhes, se tudo está funcionando e onde há falhas, corrigir. É um aprendizado constante. Saiba mais sobre o CineMaterna e confira a programação das sessões em sua cidade pelo site http://www.cinematerna.org.br/.



Irene (CineMaterna), Clarissa (Papo de Mãe), Alexandra  e Taís (CineMaterna) 
DICA DE HOJEMatérias da Revista Crescer sobre mães empreendedoras:10 coisas que toda mãe empreendedora precisa ter pra dar conta do recado O fenômeno das mompreneursSe marcar, perde a marca!Mais mulheres decidem abrir seu próprio negócioPequenos filhos, grandes negócios

PS: Vale lembrar que a Revista Crescer do mês de Junho – 2011 já está nas bancas! Vocês podem acessar um vasto conteúdo de reportagens sobre os mais diversos assuntos também pelo site http://www.revistacrescer.com.br/.


Diversos