Papo de Mãe
Papo de Mãe
» COMIDA E CULTURA

O tempo, a comida e a cultura

Como a falta de tempo da atualidade impacta na alimentação das nossas crianças e ameaça a perda das nossas tradições

Ariela Doctors* Publicado em 23/09/2021, às 10h48

Panquecas com morangos (receita abaixo)
Panquecas com morangos (receita abaixo)
Oferecido por:


O tema da alimentação permeia meu cotidiano de trabalho, mas também muitas das minhas conversas pessoais.

No início da pandemia, recebi incontáveis ligações e mensagens de amigas e amigos procurando indicação de locais para compras de ingredientes, ideias de cardápios e modos de fazer. Várias foram as consultas acerca de panelas, utensílios e tipos de cocção. Notei que, naquele momento, as pessoas se reaproximaram da cozinha.

Ficou clara para mim a relação que existe entre a comida e o tempo.

Mesmo para preparar a comida do dia a dia, muita gente reclama da falta de tempo. Realmente, para quem gosta, quer e pode, alimentar-se de forma saudável carece uma organização extra em relação às compras de mantimentos, a elaboração de um cardápio semanal e uma estrutura mínima de cozinha. E, mesmo com tudo isso, com demandas cada vez maiores de trabalho, afazeres domésticos e filhos, às vezes não sobra ânimo para cozinhar.

Veja também

Ao nos depararmos com a condição de estar em casa 24 horas, tivemos a sensação de expansão do tempo diário. E as mãos foram parar nas massas!

Com o passar dos dias e meses, esse mesmo tempo foi se “achatando” novamente e nos espremendo contra parede. Novos afazeres, solicitações, e-mails, encontros virtuais, reuniões, novos cursos, novas séries e mais uma infinidade de demandas apareceram. Aí foi a vez de se render ao delivery.

Conforme estudo realizado pela Mobilis, os gastos com aplicativos de entregas, em especial para comidas prontas, cresceram 149% durante a pandemia do Covid-19 no Brasil. Os aplicativos de delivery com maior demanda foram iFood, com crescimento de 172%, Rappi (121%) e Uber Eats (37%).

Naquele momento, além de aliviar novamente a falta de tempo, era uma maneira de burlar aquela rotina sem fim “entre quatro paredes” e experimentar outros sabores. Mas, o fato é que novamente aconteceu o afastamento entre as pessoas e lugar da casa que, ao meu ver, é o mais importante: a cozinha.

Sim, a cozinha é onde podemos pensar no nosso bem estar corpóreo e na saudabilidade da nossa família. Um lugar onde podemos depositar nossos afetos, nossas memórias, nossas curiosidades. É o espaço onde podemos resgatar causos, saberes e sabores ancestrais, familiares.

É na cozinha que, a um só tempo, se esconde e se revela a nossa história.

Portanto, fico eu a pensar como será a vida das nossas crianças daqui para frente? Sem saber a procedência do que se come. Sem conhecer a história de sua própria família. Sem pisar numa cozinha em plena produção. Quente, cheia de brumas aromáticas, de onde saem pratos coloridos e de sabores variados.

Como serão construídas as nossas culturas?

Vamos erguer tradições em forma de entregas de aplicativos. As crianças reconhecerão sua cultura entregue em caixas descartáveis vermelhas com logotipos brancos sobre motocicletas que invadem as ruas das cidades e embaralham nosso poder de cognição.

Não deixe isso acontecer! Continue cozinhando quando puder. Arranje tempo para construção deste hábito que vai acompanhar seu filho para sempre. O alimento é um caminho importante para nos reconhecermos como indivíduos. A comida e a cultura estão ligadas e incrustadas neste tempo da humanidade. Não podemos nunca perder isso de vista e temos o dever de passar essa compreensão para as próximas gerações.

Aqui vai uma receita simples, nutritiva e saborosa para o lanche das crianças. Elas vão adorar ajudar a fazer!

Panquecas de iogurte com manteiga e mel

panquecas
deliciosas panquecas

Ingredientes

04 xícaras de farinha de trigo
08 colheres de chá de fermento químico 01 pitada de sal
04 colheres de sopa de mel
04 xícaras de iogurte natural
04 ovos batidos levemente
02 caixas de morangos
Manteiga

Modo de preparar

Numa tigela, misture os ingredientes secos e depois acrescente os líquidos, mexendo delicadamente com um batedor de arame ou uma espátula.

  1. Deixe a massa descansar por 10 minutos.
  2. Numa frigideira untada com manteiga, coloque um pouco da massa com a ajuda de uma concha. Vai formar-se uma panqueca. Doure de um lado.
  3. Quando aparecerem bolhas, vire para dourar o outro lado.
  4. Sirva com morangos frescos, manteiga e mel.

Você pode acessar outras receitas no site Comida e Cultura e conhecer mais do nosso trabalho no @projetocomidaecultura e no canal de youtube Comida e Cultura.

ariela
Ariela Doctors

*Ariela Doctors é chef, comunicadora e mãe

**O Programa Nestlé por Crianças Mais Saudáveis é uma iniciativa global da Nestlé, que assumiu o compromisso de ajudar 50 milhões de crianças a serem mais saudáveis até 2030 no mundo todo. Desde 1999 foram beneficiadas mais de 3 milhões de crianças no Brasil.

Com o lema “muda que elas mudam”, a partir de uma plataforma de conteúdo, o programa estimula famílias a adotarem hábitos mais saudáveis e ainda promove um prêmio nacional que ajuda a transformar a realidade de 10 escolas públicas por ano com reformas e mentorias pedagógicas.

Conheça mais no site do programa

ColunistasAriela DoctorsNestlé por crianças mais saudáveis