Papo de Mãe
Papo de Mãe
» SAÚDE DA MULHER

Ninfoplastia em adolescentes? Entenda o caso

A Dra. Ligia Santos, colunista do Papo de Mãe, dá detalhes sobre a cirugia íntima e tira uma dúvida comum: adolescente pode fazer ninfoplastia?

Maria Cunha* Publicado em 07/03/2022, às 18h40

Dra. Ligia Santos, colunista do Papo de Mãe
Dra. Ligia Santos, colunista do Papo de Mãe

Uma pergunta que aparece com frequência no consultório da Dra. Ligia Santos é: adolescente pode fazer ninfoplastia, ou seja, cirurgia íntima? De acordo com a médica, é permitido. Mas, questiona-se por que essa adolescente está querendo fazer o procedimento. Para começar, a Dra. Ligia explica que é preciso entender a anatomia da vulva.

“A ninfoplastia é uma cirurgia na região dos pequenos lábios, uma pele que existe na vulva para a proteção da vagina, que é um tubo que conecta a região externa até o útero, um órgão que está dentro do nosso abdômen e tem que ficar estéreo e protegido. A vagina, como um órgão de conexão, não necessariamente é estéreo, então quanto mais estiver protegida e fechadinha, melhor para evitar a introdução de bactérias e outros tipos de micro-organismos”.

Em relação ao tamanho dos pequenos lábios, a colunista revela que varia muito, mas o problema se dá quando essa pele que protege a vagina se torna incômoda, doendo e, até, prendendo na roupa íntima e na calça.

Assista ao vídeo completo da Dra. Ligia Santos

“Esses são bons casos para a indicação de cirurgia. A gente indica, de preferência, a partir dos 18 anos, porque o desenvolvimento da menina já está completo e ela também tem melhor entendimento de como se autocuidar”, afirma a Dra. Ligia Santos.

Apesar disso, a ginecologista ressalta que é possível realizar o procedimento antes de atingir a maioridade. Ela ainda conta que é uma cirurgia simples e que pode ser feita no próprio consultório, além do comum: realizar o procedimento no centro cirúrgico, no hospital.

“Geralmente, a alta é no mesmo dia da internação. A recuperação é muito tranquila e não há a necessidade de tirar pontos, assim como, por exemplo, quando a gente tem parto normal e acaba tendo pontos. Esses pontos são feitos com fios absorvíveis, que caem sozinhos, a medida que o corpo vai cicatrizando. A cicatriz é praticamente ausente”.

Veja também

A Dra. Ligia ainda conta que a cirurgia tem pouco potencial de complicação, é uma cirurgia rápida com recuperação também rápida.

Outro ponto importante é que a ninfoplastia não tem nada a ver com virgindade, já que a cirurgia não é para a reconstrução do hímen.

Ninfoplastia por motivos psicólogicos

O incômodo causado pelos pequenos lábios também pode ser psicológico. A Dra. Ligia conta que muitas meninas acabam entendo a estética vulvar de uma forma anormal e inadequada e querem ter um tipo de vulva específico.

“É aí que a gente precisa entender qual é a real motivação dessa pessoa querer mexer nessa parte do corpo. A gente não está falando de doença, mas de uma questão estética.” (Dra. Ligia Santos)

Além disso, a Dra. Ligia ratifica que existe uma grande pressão sobre o corpo feminino, o que acarreta em muitos problemas psicológicos, incluindo em relação à vulva.

“Muitas mulheres acabam enxergando essa cirurgia como uma forma de se adequar melhor, seja por conta das questões sociais, de se sentir mais bonita, mais desejada, ou menos envergonhada, porque a vulva dela não é tão bonitinha”.

Ela reforça que também devemos lembrar do papel da pornografia, que acaba infantilizando, em certa medida, as vulvas das mulheres, porque o padrão que aquela mulher está procurando é um padrão infantil.

“Ter lábios mais proeminentes não é feio, só é diferente e, muitas vezes, desejável, só mostra que você se desenvolveu. Se você se sente incomodada porque alguém está falando que aquilo está feio, que precisa mudar, repense seu relacionamento. Se você está se sentindo incomodada porque está doendo, está machucando, procure um médico, um ginecologista. Você consegue essa cirurgia tanto na rede pública quanto na particular”, conclui a Dra. Ligia Santos.

*Maria Cunha é repórter do Papo de Mãe

Acompanhe o Papo de Mãe nas redes sociais:

Instagram: @papodemaeoficial l Twitter: @papodemae l Facebook

ColunistasDra.Ligia SantosDesafios / DilemasJovemSaúde