Papo de Mãe
Papo de Mãe

Inmetro proíbe brinquedos com raio laser superior a 1 mW

Roberta Manreza Publicado em 13/10/2014, às 00h00 - Atualizado em 03/11/2014, às 11h07

None
13 de outubro de 2014


Ivan Richard – Agência Brasil

Aparentemente inofensivos, brinquedos que emitem raios lasers podem causar lesões oculares, caso o feixe de luz seja direcionado aos olhos. Para evitar esse tipo de acidente, o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) determinou nesta segunda-feira (13), em portaria publicada no Diário Oficial da União, que a potência óptica máxima para fontes de radiação laser presentes em brinquedos seja de 1 miliwatt (mW).

De acordo com a portaria, está proibida, em todo o território nacional, a fabricação, importação, comercialização, gratuita ou não, de brinquedos com fonte de radiação laser de potência óptica superior a 1 mW. Os objetos que estiverem fora do novo padrão terão de ser imediatamente retirados do mercado pelos fabricantes.

Conforme o Inmetro, a mudança leva em conta acidentes ocasionados por brinquedos que emitem raio laser no país, a dificuldade em antever possíveis riscos decorrentes de inovações tecnológicas nos produtos e normas semelhantes aplicadas em outros países.

Editor: Armando Cardoso 

Link: http://www.ebc.com.br/noticias/brasil/2014/10/armandoinmetro-proibe-brinquedos-com-raio-laser-superior-a-1-mw

Dica: Papo de Mãe – Brincadeiras Antigas




Criança