Papo de Mãe
Papo de Mãe
» CULTURA

Homenagem à Amazônia: a nova canção da Palavra Cantada

Depois do sucesso do lançamento do clipe e da música Canção para Fauna e Flora, a Palavra Cantada agora homenageia a Amazônia

Redação Papo de Mãe Publicado em 01/09/2021, às 16h00

Os fundadores da Palavra Cantada, Paulo Tatit e Sandra Peres - Arquivo da Palavra Cantada
Os fundadores da Palavra Cantada, Paulo Tatit e Sandra Peres - Arquivo da Palavra Cantada

A Palavra Cantada, fundada pelos músicos Sandra Peres e Paulo Tatit,  tem mais uma novidade em homenagem à natureza. A música Amazônia, feita na parceria dos irmãos Paulo Tatit e Zé Tatit, estará disponível ao público no dia 3 de setembro, às 9 horas nas plataformas de streaming, Youtube, Facebook e Instagram.

De acordo com Paulo Tatit, as crianças são as pessoas que puxam para o cotidiano os sinais de alertas que os cientistas, os artistas e as pessoas mais antenadas com seu tempo, trazem para nossa sociedade contemporânea.

“Foi assim com o cinto de segurança, com o cigarro, com a limpeza urbana, com o lixo reciclável e tudo mais que elas aprendem na escola e colocam em prática com seus pais e avós todos os dias. E elas já vêm agindo assim também com os problemas do meio ambiente quando reclamam da poluição do ar e dos rios em São Paulo, das queimadas das florestas, quando questionam a transformação do boi em bifes e filés ou quando se preocupam com a ameaça à vida das abelhas”, explica.
Amazônia: a nova canção da Palavra Cantada
Amazônia: a nova canção da Palavra Cantada

Veja também

Na obra musical Amazônia, Paulo Tatit e Zé Tatit, seu mano-parceiro, buscaram elaborar uma canção que trouxesse um conteúdo acessível e fácil de cantar.

“Por isso cantamos em coro e a entrada das vozes infantis no minuto final é de grande impacto emocional! Por isso também, aquele tambor insistente na batida do bumba-meu-boi que coloca a canção sob um mesmo manto como num mantra”, destaca.

O músico ainda revela que a criação dessa canção foi rápida e certeira e que não deixa de ser um forma de lamentar por tudo que a nossa grande floresta vem sofrendo.

“É lamentável que estejamos vivendo numa fase em ‘que não cabe no Brasil a magia da floresta’. Quem sabe as crianças nos ajudem a sair dessa com sua crítica contundente”, conclui.

Assista ao Papo de Mãe sobre o bebê de 6 meses e amamentação, com a participação de Sandra Peres, da Palavra Cantada

DiversãoEducaçãoNotíciasCriança