Papo de Mãe
Papo de Mãe

Finanças em família: os gastos extras de fim de ano

Mariana Kotscho Publicado em 11/12/2020, às 00h00 - Atualizado às 11h59

None
11 de dezembro de 2020


Com o final de um ano e começo de outro, sempre surgem gastos extras: compras de natal, impostos ou a quitação de contas atrasadas. Um planejamento financeiro pode ajudar a evitar dívidas ou a entrar no efeito bola de neve ao gastar mais do que o que se ganha.

Para a consultora financeira Betina Roxo, o momento de fim de ano deve servir de ponto de partida para um bom planejamento financeiro.

Antes das compras de Natal, por exemplo, é necessário estabelecer quanto você quer e quanto você pode gastar com presentes. Em primeiro lugar, é importante pagar antes os gastos obrigatórios. O que sobrar, se sobrar, você usa para os presentes.

Uma dica é fazer uma lista de pessoas que você quer presentear, imaginar quanto quer gastar por pessoa e fazer uma pesquisa de preços, para que não passe do total estabelecido para estes gastos. E cumprir essas metas.

Nem sempre dá para comprar o que se desejava no começo. Pode ser que depois de todas as contas, a lista tenha que ser repensada.

Para Betina Roxo, “Este é um ano de ressignificados e pode-se pensar em presentes mais criativos e mais baratos”.

Veja, portanto, as 3 dicas de Betina:

  1. estabelecer montante a gastar, após quitar contas obrigatórias
  2. fazer uma lista de pessoas e de presentes
  3. antes de gastar, checar se a conta fecha ou se precisa rever a lista

Segue vídeo com as dicas de Betina Roxo. Inscreva-se no Canal Papo de Mãe:




ColunistasBetina RoxoFamíliaHomeVídeos