Papo de Mãe
Papo de Mãe

Excesso de telas pode prejudicar a visão das crianças. Qual o limite para o uso?

Mariana Kotscho Publicado em 15/04/2021, às 00h00

None
15 de abril de 2021


Com a pandemia e as crianças ficando mais tempo dentro de casa, o excesso de telas acabou se tornando um problema. Seja pelas aulas remotas ou como entretenimento. Mas como preservar a saúde dos olhos? Existe um limite para essa exposição diária?

Por Mariana Kotscho*

Tem mais crianças com miopia do que antes? A resposta é: sim!

A pediatra Ana Laura Kawasaka, do Saúde4kids, percebeu em consultório que aumentaram as dúvidas de pais e mães em relação ao uso de telas pelas crianças: tablets, TV, videogames, celular. Na pandemia, além do uso de telas como diversão e distração, tem aulas remotas e também encontros virtuais com parentes e amigos.

Estudos já mostram uma associação entre o excesso de uso telas próximas aos olhos com o aumento dos casos de miopia. Segundo a oftalmologista Adele Marques, existe um fator genético mas o uso excessivo tem provocado uma aceleração no avanço do grau de miopia e também de casos.

Crianças precisam diminuir a quantidade de horas de telas para preservar a visão

Umas das recomendações das médicas é usar as telas mais distantes e não tão perto do rosto. Por exemplo, se possível, colocar a aula que está no computador na tela da TV. E tem que evitar celulares e tablets para crianças pequenas.

“O uso excessivo de tablets, celulares e outras telas faz com que a gente diminua a frequência do piscar, tanto adultos e crianças. Podem surgir assim ardência nos olhos, vermelhidão, lacrimejamento e até dor de cabeça” (Adele Marques)

O ideal é que as telas fiquem longe do rosto.

Precisa restringir o tempo de uso de telas e é recomendado um descanso ocular: a cada 20 minutos tira os olhos da tela e olha 20 segundos para longe. Adele Marques explica que isso relaxa a musculatura dos olhos, o que é necessário.

A pediatra Ana Laura conversa com a oftalmologista Adele Marques

Sociedade Brasileira de Pediatria orienta limites no uso de telas de acordo com a idade

  • Crianças menores de 2 anos: não deve usar
  • Crianças entre 2 e 5 anos: até 1 hora por dia
  • Crianças entre 6 e 10 anos: até 2 horas por dia
  • Adolescentes entre 11 e 18 anos: até 3 horas por dia

Ainda é recomendado encerrar o uso diário duas horas antes de dormir e não é para comer olhando pro celular!

O ideal é levar a criança ao oftalmologista pelo menos uma vez por ano.

*Mariana Kotscho é jornalista e apresentadora do Papo de Mãe

Veja também

Telas podem desencadear miopia e outras alterações de visão

Problemas visuais: estrabismo e ambliopia

Quarentena pode aumentar miopia em crianças




ColunistasHomePandemiaCriançaPrimeira InfânciaSaúde4kids - pediatrasVídeos