Papo de Mãe
Papo de Mãe

DICA DE ARTE E LEITURA

pmadmin Publicado em 17/02/2011, às 00h00 - Atualizado às 12h16

17 de fevereiro de 2011


Instituto Callis promove oficina gratuita de teatro de sombras para educadoresParticipantes aprenderão as técnicas básicas do teatro de sombras, montarão uma cena teatral e ainda vão ganhar certificado.No dia 19 de fevereiro, o Instituto Callis oferece aos educadores a possibilidade de aprender uma nova linguagem artística para aplicar em sala de aula: o teatro de sombras. Na oficina “O Fascínio das Sombras”, a primeira do ano realizada pelo instituto, a atriz e arte educadora Regina Pessoa mostrará aos participantes, por meio de uma vivência prática, como elaborar uma pequena estrutura de teatro de sombras para utilizar em sala de aula. Eles também aprenderão a confeccionar figuras (bonecos de sombra) com recortes e desenhos e ainda vão produzir uma cena teatral usando essa forma de linguagem.Ao todo, são 20 vagas disponíveis. Para participar, basta enviar um e-mail para instituto@institutocallis.org.br, com nome completo, instituição em que atua ou estuda, cargo (ou habilitação), telefone e e-mail para contato. Os selecionados irão receber um e-mail de confirmação da vaga e, então, podem comparecer à oficina. Serviço:  Oficina: “O Fascínio das sombras” – Data: 19/02/2011 – Sábado – Horário: das 10h às 12h  Local: Instituto Callis – Endereço: Rua Oscar Freire, 379, 6º andar -Cerqueira César – São Paulo – SP – Evento gratuito – Nº de vagas: 20***Buenos Aires com Crianças: aventurinhas na terra do dulce de lecheA Pulp Edições lança mais um título dedicado às viagens com filhos: Buenos Aires com Crianças – aventurinhas na terra do dulce de leche. Escrito pela jornalista carioca Fernanda Paraguassu, o livro é um guia imprescindível para conhecer cada cantinho de Buenos Aires com os filhos a tiracolo. Além de dicas práticas de como entreter as crianças no país vizinho, o guia traz muita informação sobre a cultura local, eventos imperdíveis, lojas incríveis e restaurantes de dar água na boca. O livro tem formato pocket, para caber na bolsa de toda mãe precavida e é recomendado até mesmo para quem não tem filhos mas quer conhecer pontos interessantes da cidade. O texto é leve e divertido e a viagem começa ao abrir a primeira página.


Diversos