Papo de Mãe
Papo de Mãe
» APRENDENDO INGLÊS

Como praticar inglês e se divertir em família? Confira 5 atividades

As férias escolares são um momento para descansar e brincar. Praticar um novo idioma pode ser divertido e unir toda a família

Redação Papo de Mãe* Publicado em 15/07/2021, às 15h39

A prática de inglês, independente da idade, fortalece os vínculos e aproxima a família.
A prática de inglês, independente da idade, fortalece os vínculos e aproxima a família.

Com a chegada das férias de julho, as crianças, sem aulas, aproveitam o tempo livre para explorar diferentes brincadeiras e se divertir. Apesar disso, com as limitações impostas pela pandemia, as possibilidades de atividades são restringidas. Surge então a oportunidade de fortalecer os vínculos dentro de casa e aproximar a família. A prática de inglês, independente da idade, é uma forma de fazer isso. 

Para quem está aprendendo, ou deseja aprender um novo idioma, como o inglês, é essencial manter a prática constante e continuar em contato com a língua mesmo durante as férias. Entretanto, não há necessidade de realizar atividades escritas para o estudo da gramática ou se prender a livros teóricos. Como qualquer outro idioma, é possível aprender inglês de forma lúdica e divertida, praticando habilidades e fluência da língua com os familiares. 

Veja também

Cláudia Peruccini, gerente pedagógica da escola de inglês Red Balloon, elaborou uma lista de sugestões com cinco atividades possíveis de serem feitas em casa e que tornem o aprendizado mais divertido e constante, já que despertará, nas crianças e em suas famílias, a vontade de aprender inglês. Confira:

1. Assista a filmes em inglês

Além do entretenimento, os filmes são uma boa opção para unir a família e aprender inglês ao mesmo tempo. Ter contato com o idioma por meio das telas é uma forma de aperfeiçoar a pronúncia das palavras, expandir o vocabulário e conhecer gírias e expressões usadas no cotidiano. Assistir a filmes em inglês também ajuda o estudante a conhecer diferentes culturas e entender mais sobre os hábitos e vivências dos nativos, o que enriquece e solidifica o aprendizado.

2. Ouça músicas em inglês ao longo do dia

Aprender canções é uma ótima forma de acostumar os ouvidos com entonações, pronúncias e sotaques diferentes. A música, além de tornar o aprendizado mais leve e dinâmico, ajuda na memorização de novas palavras e no desenvolvimento da percepção sensorial.

“Escutar músicas e assistir filmes em inglês é uma excelente alternativa para praticar a língua e ainda aproveitar o momento para relaxar. Esse tipo de experiência permite que crianças e jovens explorem novas áreas de conhecimento e aspectos culturais, aprendam expressões e vocabulário e aprimorem seu nível de fluência da língua”, explica Cláudia.

3. Faça receitas típicas de países onde o inglês é língua nativa

Além de proporcionar momentos de afeto em família, fazer receitas com as crianças pode ser um tempo de muito aprendizado. A comida é uma das maiores marcas culturais de um país, e pode ser usada a favor do ensino da língua inglesa.

Falar o nome dos ingredientes em inglês enquanto prepara a receita também é uma boa forma de memorizar novas palavras. A especialista recomenda que a família pesquise receitas típicas de países onde o inglês é a língua nativa para mergulhar na cultura da região.

4. Conte histórias em inglês

A imaginação é fundamental para o aprendizado, e deve ser incentivada principalmente na infância. Criar histórias usando o inglês é uma maneira simples e eficaz de praticar o idioma e ainda desenvolver habilidades cognitivas e socioemocionais. Por meio da narração de histórias, a criança mobiliza seu repertório, estimula a linguagem, desenvolve o raciocínio e expressa suas emoções.

Cláudia também explica que essa experiência auxilia o estudante a se sentir mais confortável e confiante para interagir com outras pessoas em diferentes contextos.

Caso os pais não dominem o idioma, vale estimular os filhos a ensinarem o que já aprenderam. Assim, além dos pais aprenderem a língua, as crianças vão sentir mais autonomia e isso irá ajudá-las e consolidar melhor o que sabem.

5. Faça brincadeiras interativas

As férias são o momento de deixar a criatividade fluir e explorar tanto a mente quanto o corpo. A família pode criar suas próprias brincadeiras e incentivar a criança a usar o inglês nomeando os objetos enquanto brincam, por exemplo. Ou então, ao final de uma brincadeira, os pais podem incentivar o filho a guardar os objetos enquanto os nomeia. Assim, além de ensinar os pequenos sobre responsabilidade e autonomia, auxiliam no aprendizado e na fixação do idioma.

Assista ao Papo de Mãe sobre educação bilíngue

DesenvolvimentoDicasEducação