Papo de Mãe
Papo de Mãe

Como lidar com crianças em situação de intersexo?

Roberta Manreza Publicado em 12/03/2015, às 00h00 - Atualizado às 08h54

None
12 de março de 2015


O primeiro grande entrave acontece logo nos primeiros dias de vida do bebê: como chamá-lo? Registrá-lo ou não?

Por Portal EBC

É menino ou menina? A clássica pergunta que surge ainda durante a gravidez, pode não significar muita coisa para a maioria das mães. Porém, um grupo de pais recebe com desconforto a indagação, já que, muitas vezes, não tem resposta a dar. São os pais de crianças em situação de intersexo, que nascem com alguma variação de caracteres sexuais e/ou reprodutivos que dificultam a identificação de um indivíduo como totalmente feminino ou masculino.

Esta situação pode expressar dúvida sobre o sexo da criança e sobre a forma de criá-la. Desde o momento da notícia até os cuidados ao longo do desenvolvimento de uma criança com intersexualidade, exigem muita dedicação e compreensão daqueles que lidam com ela.

Para amparar as famílias que passam por essa situação, as especialistas Ana Karina Canguçu-Campinho e Isabel Maria Sampaio Oliveira Lima organizaram um guia que ajuda os interessados a se aproximarem do tema do intersexo e a defenderem a dignidade da criança. O trabalho da dupla foi resultado da interlocução, por mais de duas décadas, com famílias que frequentam ou frequentaram serviço público de saúde, acompanhando as suas crianças em situação de intersexo.

Além da desmistificação social do intersexo, o material busca orientar as famílias sobre os cuidados e os direitos da criança nos serviços públicos. Acesse o guia Dignidade da Criança em Situação de Intersexo: Orientações para a Família aqui.

intersexo



ComportamentoDesafios / DilemasDicasHomeNotíciasCriança