Papo de Mãe
Papo de Mãe
» SAÚDE INFANTIL

Como flexibilizar o uso das máscaras das crianças com segurança

Em vários estados brasileiros as máscaras já não são obrigatórios, mas a covid-19 ainda inspira alguns cuidados. Saiba o que fazer em relação às crianças

Redação Papo de Mãe Publicado em 31/03/2022, às 06h00

Crianças ainda precisam usar máscaras?
Crianças ainda precisam usar máscaras?

As crianças menores só conhecem o mundo após o início da pandemia e a flexibilização do uso de máscaras pode gerar muitas dúvidas

Alguns estados do Brasil já anunciaram que crianças não serão mais obrigadas a utilizar máscaras de proteção contra a Covid 19 nas escolas e em outros locais fechados. O uso do equipamento de proteção ficará a critério dos pais ou responsáveis dos menores.

Em São Paulo, o uso das máscaras de proteção deixou de ser obrigatório em locais abertos desde o dia 9 de março e, ao que tudo indica, em breve deve haver uma flexibilização ainda maior. Em um discurso na última sexta-feira, dia 11, o Governador de São Paulo, João Dória, afirmou que se tudo continuar correndo bem, a previsão é de que até o final do mês o uso do equipamento de proteção seja liberado também em locais fechados.

Veja também

Alguns cuidados devem ser levados em consideração na hora da adaptação das crianças nesse período. É importante ressaltar que a pandemia não está controlada no mundo e que, a qualquer momento, se outras variantes surgirem, essas medidas podem inclusive ser retomadas. Por isso é muito importante que os adultos abram o diálogo com as crianças. Se colocar disponível e esclarecer as dúvidas que podem surgir é fundamental.

“Algumas crianças nasceram durante a pandemia e a única realidade de convivência social que elas tiveram até agora foi utilizando máscaras. Corremos o risco de que em algumas situações elas não reconheçam até mesmo o seu tutor na escola, já que há muito tempo ela só o via de máscara. Por isso, muito cuidado e diálogo nesse momento é fundamental para que tudo seja esclarecido da melhor maneira e que as dúvidas que possam surgir sejam explicadas às crianças” alerta Ana Paula Yazbek, Diretora Pedagógica do espaço ekoa e especialista em educação infantil.

Além da readaptação ao convívio social sem o uso das máscaras, é importante os cuidados com a higiene sejam reforçados. Todos os cuidados adquiridos durante o período da pandemia foram essenciais não só para evitar o contágio da Covid 19, mas também de outras doenças infectocontagiosas, como as viroses respiratórias, doença muito comum no outono que se aproxima.

ana paula
Ana Paula Yazbek

Sobre o espaço ekoa

O espaço ekoa é uma escola que atende crianças entre 4 meses e séries iniciais do Ensino Fundamental, é reconhecido como uma escola inovadora e referência na educação infantil. O espaço físico é parte integrante do projeto pedagógico da escola e é um importante diferencial. As atividades são realizadas prioritariamente ao ar livre e as crianças podem se apropriar de todos os ambientes com segurança e responsabilidade. As turmas são multietárias e não existem salas de aulas definidas, o que estimula a cooperação entre as crianças e contribui para que elas construam relações que podem durar a vida inteira.  

Criança