Papo de Mãe
Papo de Mãe
» SAÚDE OCULAR

"Um novo super-poder": como fazer as crianças usarem óculos?

Oftalmologista dá dicas de como engajar os pequenos no uso dos óculos e evitar problemas de visão maiores no futuro

Sabrina Legramandi* Publicado em 16/07/2021, às 13h32

Oftalmologista explica que é importante criar um sentimento positivo em relação ao tratamento
Oftalmologista explica que é importante criar um sentimento positivo em relação ao tratamento

Quando o bebê nasce, um dos primeiros exames feitos envolve a visão: o teste do olhinho. Os problemas nos olhos, que são vários, podem atingir a criança desde o nascimento e, até mesmo, no intraútero. Mas e quando o médico receita o uso de óculos para a criança quando ela ainda é muito nova?

Engajar a criança no tratamento pode ser uma tarefa difícil, mas a médica oftalmologista Anelise Nomura explica ser essencial, especialmente nos primeiros anos de vida.

Veja também:

“A criança pode ‘aprender’ a enxergar até os sete anos. Quanto mais cedo ela adere ao tratamento, maiores são as chances de melhorar a qualidade da visão” (Doutora Anelise Nomura)

Por isso, ela dá algumas dicas para estimular as crianças a, caso for preciso, usarem óculos e também fala sobre o papel dos pais no processo.

Estimule um sentimento positivo em relação aos óculos

A doutora Anelise explica que as crianças necessitam de estímulos, principalmente quando se trata de usar algo diariamente. "Não podemos esquecer de elogiar com frequência os óculos e todos os avanços no que diz respeito à adesão ao tratamento", ela diz.

A médica dá também uma opção: falar sobre amigos, celebridades e personagens que também usam óculos para que ela se identifique.

“É importante fazer o tratamento parecer divertido, como se os óculos fossem um ‘super-poder’. ” (Doutora Anelise Nomura)

Envolva a criança nas decisões

Fazer com que a criança sinta que ela faz parte do processo de escolher e usar os óculos pode criar nela um senso de propriedade e uma empolgação na hora do uso. Para Anelise, é importante deixar que ela escolha os formatos e as cores dos óculos, por exemplo, mas também ter atenção para que eles se encaixem corretamente no rosto e sejam confortáveis.

Ela também lembra ser essencial procurar um oftalmologista que saiba conversar e engajar os pequenos no tratamento. "Nós, oftalmologistas, ajudamos também nesse processo. O médico tem mais traquejo com a criança, é mais didático e também tem uma percepção de problemas mais graves", Nomura explica.

Crie o hábito de usar óculos diariamente

A oftalmologista afirma ser essencial que os pais incentivem o uso dos óculos diariamente. Para ela, não é a criança que deve decidir em quais momentos utilizá-los, mas sim o médico.

“Se a criança tiver a indicação de usar óculos, é importante que ela use corretamente. Depois dos sete anos, a perda da visão é uma coisa irreversível. E é por isso também que, pelo menos uma vez por ano desde o nascimento, a criança deve ir ao oftalmologista.” (Doutora Anelise Nomura)

Incentivar o uso em troca de doces ou brinquedos funciona?

A doutora Anelise afirma que estimular o uso dos óculos através de “permutas” não é o ideal e, inclusive, pode atrapalhar o tratamento. “Se isso acontece, a criança sempre vai associar o uso a essas recompensas”, explica.

Fazer com que a criança entenda qual será o benefício – tanto no presente quanto no futuro –, para a oftalmologista, é o que deve incentivá-la. “Ela tem que entender a parte boa de usar os óculos: poder enxergar os brinquedos de longe, conseguir andar de bicicleta e fazer melhor as coisas do seu dia a dia”, conclui.

*Sabrina Legramandi é repórter do Papo de Mãe

Confira o vídeo com a pediatra Ana Laura do Saúde4kids e a oftalmologista Adele Marques sobre a relação do uso de telas com a piora da visão:

DicasCriançaSaúde