Papo de Mãe
Papo de Mãe

Casal cria podcast para falar de adoção após dificuldades

Tornar mais leve a vida dos pretendentes em sua tão aguardada vez.

Roberta Manreza Publicado em 04/12/2020, às 00h00 - Atualizado às 13h08

None
4 de dezembro de 2020


Adoção é Mais: A ajuda que faz falta na hora de adotar.

@daugomesfotografia

Antes de falarmos de nosso podcast, não podemos deixar de mencionar a ascesão deste tipo de mídia. Segundo dados globais do Spotify, o consumo de podcasts aumentou 250% de dezembro de 2017 para dezembro de 2018 e, desde o início de 2019, quase dobrou, segundo matéria do Portal UOL, do dia 20 de Agosto de 2019.

Diante desta informação e sabendo que esta ferramenta poderia ser muito útil, resolvemos então criar o Podcast Adoção é Mais.

Mas quem está por trás do Podcast Adoção é Mais?

Marcos Dias, radialista, produtor de conteúdo para mídia indoor, e Aline Rocha, assistente social, especialista em saúde mental, empreendedora social e artesã nas horas vagas, que são pais por meio da adoção, com muito orgulho. Hoje com seu casal de filhos: a Lorena, com 9 anos e o Henrique, de 2 anos e meio.

A ideia surgiu quando nos deparamos com a falta de informação e conteúdo que de fato pudessem dar alento aos pretendentes. Nós há mais de dez anos passamos por este processo pela primeira vez. Uma espera angustiante, estressante, de muitas incertezas e bastante demorada.  Neste período, ficávamos nos questionando como aconteceria, quais etapas teríamos a cumprir e como lidar com a espera de forma saudável.

Não haviam grupos de apoio à adoção, nem muitas notícias de órgãos competentes que pudessem nos dar um norte. Além disso, após o ato, como passar pela adaptação, situações de preconceito e o processo de aceitação dos familiares.

Para nós seria muito cômodo deixar essa causa para lá, afinal, já temos nossos filhos … Mas e os pretendentes que ainda enfrentam esse momento? Nossa empatia foi maior que o nosso comodismo e conversando um dia sobre o assunto e sabendo que em casa tínhamos um radialista com expertise para produzir o conteúdo e uma assistente social que vivia isso no seu dia a dia em uma UBS, na periferia da zona sul de São Paulo, resolvemos então produzir um “piloto”. Realizamos nosso primeiro episódio, para dividir com os ouvintes nossa história e procurar através dela amenizar a ansiedade provocada pela espera por um “Filho do Coração”.

Um momento bem delicado para nós também. Pois iríamos expor detalhes de nossa vida, que até então poucos sabiam com profundidade, inclusive abordando sobre: infertilidade masculina, dores do resultado negativo de uma fertilização “In Vitro”, choros e um estado de quase depressão. De qualquer forma, tudo isso caiu por terra quando percebemos que o que nos movia era o desejo de aliviar a tensão dos futuros papais e mamães, através de nossa trajetória. Nasceu aí também um propósito de vida para nós dois. Depois dos primeiros episódios, sentimos a necessidade de entrevistar profissionais da área, como a Dra. Alessandra Matsuoka – pediatra – que foi a primeira médica a atender nosso segundo filho em sua primeira consulta, inclusive levantando o tema de como e o que os pais e profissionais devem saber e ter como protocolo nesse primeiro atendimento. Depois vieram outras histórias emocionantes, levando ao público relatos sobre adoção tardia e pai solo, como no caso de Erasmo Coelho e seu filho Gustavo. Depoimento emocionante da família Favero Colonelo, através da Lilian, mãe da Bia, episódio este, com grande número de acessos.

Temos ainda entrevista com papais que já adotaram e entraram na fila de adoção novamente, a Priscila Paim, mãe do Pedro, esposa do Eliel e à espera da Luiza, isso mesmo, sua próxima filha já tem até nome escolhido. Eles usam as redes sociais para contar sua história e mostrar a rotina de sua família, com vídeos hilários em seu IG do Instagram, “Minha Família e a Adoção”, e seu canal no Youtube.

Portanto, queremos muito fazer uso de nossas habilidades e o que a tecnologia nos oferece, para que, com nosso Podcast “Adoção é Mais”, possamos dar voz a esta causa, compartilhando informações úteis, de forma descontraída, com um bate-papo sempre interessante  sobre o universo da Adoção. E desta forma, tornar mais leve a vida dos pretendentes em sua tão aguardada vez, de ter em seus braços os seus “tesouros”, como carinhosamente gostamos de nos referir aos nossos filhos.

Quem quiser nos seguir:

IG @adocaoemais

Podcast Adoção é Mais em várias plataformas de áudio, disponibilizamos o link em nossa Bio do Instagram.

Aline Rocha




AdoçãoConflitosDesafios / DilemasDicasCasalFamíliaMãe / PaiHomeVocê no Papo