Papo de Mãe
Papo de Mãe

Cartilha do Prematuro: cuidados e orientações

pmadmin Publicado em 23/04/2010, às 00h00 - Atualizado às 23h27

23 de abril de 2010


Olá, como vocês já sabem, o tema do Papo de Mãe desta semana é PREMATUROS.Durante o programa, uma série de questões importantes foram levantadas e, no decorrer da semana, abordaremos algumas delas aqui no blog.Sabemos que é considerado prematuro o bebê que nasce antes de completar 37 semanas de gestação. Por este motivo, o prematuro é considerado um bebê biologicamente mais vulnerável devido à sua imaturidade orgânica, necessitando, muitas vezes, de um período de internação hospitalar mais prolongado do que os bebês nascidos a termo.No ambiente hospitalar, o bebê prematuro é cercado de cuidados e recebe todo o atendimento que necessita. Mas o que fazer quando um prematuro recebe alta? Como cuidá-lo? Até quando será que ele precisa de cuidados diferenciados? E será que realmente precisa?Obviamente, vai depender de cada caso. Prematuros com sequelas resultantes do nascimento precoce  necessitarão de um acompanhamento médico (muitas vezes multidisciplinar) ao longo do seu desenvolvimento, ao contrário daqueles que não apresentam qualquer comprometimento, que poderão seguir uma vida normal.

Quando um bebê nasce, o maior desejo da mãe e da família é que todos possam ir logo para casa juntos. Mas para a mãe de um prematuro, nem sempre a alta hospitalar é um momento tranquilo. Embora isto seja o que ela mais deseja, é muito comum que ela se sinta insegura e despreparada diante de um ser que parece tão indefeso.

Foi pensando nas mães e nas famílias de prematuros que foi criada a CARTILHA DO PREMATURO (Cuidados com o Bebê Prematuro: orientações para família) – um trabalho pioneiro desenvolvido por Luciana Mara Monti Fonseca, enfermeira e pesquisadora da Escola de Enfermagem da USP de Ribeirão Preto (EERP) – cujo objetivo é justamente orientar mães e familiares de prematuros sobre os cuidados necessários após a alta hospitalar.

Na opinião de Luciana, “devido ao próprio distanciamento necessário entre o período da internação da criança prematura e a retomada do contato materno, muitas mães temem cuidar deste bebê em casa por achá-lo muito frágil. Além disso, carregam a concepção de que o prematuro necessita de cuidados especiais que elas não podem fornecer“. No entanto, a mesma alerta: “o prematuro não precisa viver numa redoma de vidro. A partir da orientação do profissional de saúde e da leitura comentada da cartilha, a mãe vai, aos poucos, incorporando hábitos como a necessidade do acompanhamento pediátrico e a importância da amamentação para este novo ser que chega“.Na verdade, tudo é uma questão de tempo e adaptação. Por mais frágil e pequeno que seja o bebê, ninguém é mais indicado para cuidar dele do que sua própria mãe, orientada por um pediatra de confiança e amparada pela família.A íntegra da CARTILHA DO PREMATURO (Cuidados com o Bebê Prematuro: orientações para família), vocês encontram acessando o link:http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/Cartilha_cuidados_bebe_premat.pdfNão percam as próximas postagens do blog e as reprises do programa neste domingo,13h30, e na terça, 19h.

Agora, com a palavra, nossa telespectadora Thaís, mãe dos gêmeos Augusto e Vinícius, prematuros de 29 semanas, hoje com 6 anos de idade:

Olá Pessoal!Assisti ontem o programa e me apaixonei, pois o relato da Erica é a minha vida, a minha luta diária com meu filho Augusto (tenho gêmeos nascidos de 29 semanas).Me senti em casa e vi que não estou sozinha nessa batalha. Realmente uma de nossas principais dificuldades é encontrar uma escola adequada para nossos filhos. Há 6 anos que procuro por isso e está difícil. Adorei o programa, já passei por tudo isso com meus filhos (Augusto e Vinicius) mas vale apena, pois eles nos recompensam com muito carinho e amor. Obrigada por atenderem um pedido meu, pois o programa do dia 29 será sobre problemas que enfrento com o Augusto, espero que me ajude com algumas dicas.Parabéns pelo programa! Estou enviando uma foto dos meus tesouros, Augusto e Vinícius, que são verdadeiros guerreiros, pois lutaram durante 63 dias na UTI e hoje nos provam que Deus existe e nos mostram diariamente que vale muito a pena viver cada dia intensamente.Um beijo pra todas vocês que fazem esse programa maravilhoso!
ThaisQuerida Thais, quem merece os parabéns é você por ser esta super mãe e pela linda família que você tem! Muito obrigada por sua audiência e participação! Para finalizar, a nossa DICA DE HOJE é o lançamento do livro: Palavra de Criança, de Luiza Meyer. Acesse: http://palavradecrianca.wordpress.com/ Um grande beijos a todos e até mais!