Papo de Mãe
Papo de Mãe

Bibliotecas públicas

pmadmin Publicado em 29/03/2010, às 00h00 - Atualizado às 13h46

29 de março de 2010


Olá!!!Estamos de volta com o tema da semana: leitura e literatura infanto-juvenil.Conforme já dissemos, ler é um hábito muito saudável e prazeroso, que deve ser estimulado desde muito cedo na vida das crianças. Inclusive, existem mulheres que ainda grávidas costumam contar histórias para seus filhos. Isto é muito bacana. Segundo pesquisas, ler e cantar para a criança enquanto ela ainda está no útero faz com que a gestação seja mais saudável e que o bebê seja mais calmo nos primeiros meses de vida.Infelizmente, o Brasil é um país com um dos mais baixos índices de leitura do mundo. De acordo com a UNESCO, o brasileiro lê, em média, menos de dois livros por ano, enquanto os franceses, por exemplo, lêem sete e os norte-americanos, dez.Mas é importante deixar claro que a leitura não está necessariamente associada à baixa condição financeira. O hábito de ler é muito mais uma questão cultural. Foi com o objetivo de incentivar este hábito que em 2009, o dia 12 de outubro passou a ser considerado o Dia Nacional da Leitura. Estima-se que, no Brasil, existam quase 5 mil bibliotecas públicas. E, segundo o Ministério da Cultura, entre os anos de 2005 e 2006, 89% dos municípios brasileiros declararam ter, pelo menos, uma biblioteca pública funcionando. Tendo como principal objetivo o fortalecimento das bibliotecas públicas do país, foi criado o Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas-SNBP, instituído pelo Decreto Presidencial nº 520, de 13 de maio de 1992. O SNBP assume como pressuposto básico para o desenvolvimento de suas ações, a função social da biblioteca pública. Essa instituição cultural, ao assumir este papel na comunidade, possibilita a construção de uma sociedade verdadeiramente democrática e a formação de uma consciência crítica do indivíduo, levando-o ao exercício pleno da cidadania. Constituem objetivos do SNBP: Incentivar a implantação de serviços bibliotecários em todo o território nacional; promover a melhoria do funcionamento da atual rede de bibliotecas, para que atuem como centros de ação cultural e educacional permanentes; desenvolver atividades de treinamento e qualificação de recursos humanos, para o funcionamento de todas as bibliotecas brasileiras; manter atualizado o cadastramento de todas as bibliotecas públicas brasileiras; incentivar a criação de bibliotecas em municípios desprovidos de bibliotecas públicas; favorecer a ação dos coordenadores dos sistemas estaduais e municipais, para que atuem como agentes culturais, em favor do livro e de uma política de leitura no país; assessorar tecnicamente as bibliotecas e coordenadorias dos sistemas estaduais e municipais, bem como oferecer material informativo e orientador de suas atividades; firmar convênios com entidades culturais, visando a promoção de livros e de bibliotecas. A atuação do SNBP junto às bibliotecas públicas só é possível com a implantação de um processo sistêmico, baseado em ações voltadas para a interação e integração dessas bibliotecas em âmbito nacional. O gerenciamento operacional é exercido através dos sistemas estaduais que funcionam em cada estado da federação, encabeçados, geralmente, pelas bibliotecas públicas estaduais, que passam, por sua vez, a articular-se com as bibliotecas públicas municipais. Para acessar a lista das coordenadorias estaduais do SNBP clique no link: http://www.bn.br/snbp/coordenadorias.html .Entre em contato com a coordenadoria do seu Estado, descubra uma biblioteca pública perto de sua residência e incentive seus filhos à leitura. Quanto mais cedo eles começarem, melhor!!! Para quem perdeu o programa sobre Leitura e Literatura Infanto-juvenil, ainda há chance de assistir à reprise nesta segunda (29), 12h30, e na terça ( 30), 18h30. O programa está IMPERDÍVEL!!! — E a dica de hoje é o projeto CINEMATERNA: sessões de cinema para mães com bebês de até 18 meses. Papais e acompanhantes são bem-vindos também! Os filmes são para a diversão dos adultos, e as salas de cinema são equipadas para acolher os bebês com todo o conforto: som reduzido, trocador na sala, ar condicionado mais suave, ambiente levemente iluminado. E depois de cada sessão sempre tem um gostoso bate-papo! As sessões acontecem em diversas cidades do Brasil. Cada filme é escolhido pelo público através de enquetes semanais, que podem ser acompanhadas pelo site junto com a programação. Visite o site: http://www.cinematerna.org.br/ e saiba mais sobre o projeto e a programação em sua cidade!
Um grande beijo e até mais!!!