Papo de Mãe
Papo de Mãe
» SAÚDE

Beber pouca água aumenta o risco de insuficiência cardíaca

O cardiologista Dr. Yuri Brasil alerta sobre a importância de se manter hidratado para evitar a insuficiência cardíaca

Redação Papo de Mãe Publicado em 11/05/2022, às 06h00

Beber água é essencial para uma manutenção saudável do corpo
Beber água é essencial para uma manutenção saudável do corpo


Um estudo recentemente realizado pela National Heart, Lung, and Blood Institute, nos Estados Unidos, mostrou que um baixo consumo de água está diretamente ligado a maiores chances de se desenvolver insuficiência cardíaca. A publicação se baseou em dados colhidos em mais de 30 anos com mais de 16 mil pessoas adultas avaliadas.
Segundo o estudo, os corpos que se apresentaram bem hidratados mantiveram os níveis de sódio controlados e o funcionamento saudável do coração. O risco aumentou em 39% quando o nível de sódio estava maior que 143 mmol/L (níveis normais variam entre 135 e 145 mmol/L) na meia idade.

Sugestão: assista ao Papo de Mãe sobre Problemas Cardíacos

Já uma quantia de sal entre 142,5 e 143 mmol/L apresentou 62% de chances do indivíduo desenvolver hipertrofia ventricular esquerda, uma condição que dificulta a capacidade do coração de bombear sangue, o que também eleva o risco de insuficiência cardíaca.


Segundo o cardiologista Dr. Yuri Brasil, quanto mais sal um indivíduo ingerir, menores são os níveis de fluidos em seu corpo, portanto, consumir líquido suficiente é essencial para manter a proporção de sódio no patamar considerado normal.

“A recomendação é de 2 litros de água por dia para as mulheres e 3 litros para os homens, mas essa indicação pode variar dependendo da altura e peso do indivíduo.”


O especialista também alerta que além da insuficiência cardíaca, beber pouca água pode acarretar outros malefícios para o corpo e inclusive deixar o metabolismo mais lento, o que influencia nas tentativas de emagrecimento de muitas pessoas. “Há ainda a possibilidade de pedras nos rins, sensação frequente de cansaço, alterações de humor e até mesmo dores de cabeça.”

Veja também 


Dessa forma, é imprescindível que haja uma atenção especial a quantidade de água ingerida todos os dias e caso surjam sintomas característicos de insuficiência cardíaca, como falta de ar, inchaço dos pés e pernas, confusão, dificuldade para dormir a noite ou tosse com catarro, a recomendação é procurar um cardiologista o mais rápido possível, para que seja feito o diagnóstico e se receba um tratamento adequado.



Quem é Yuri Brasil?
Formado pela faculdade de Medicina de Fernandópolis (UNICASTELO), Yuri Brasil tem especialização em Cardiologia Clínica pelo Instituto de Moléstias Cardiovasculares de São José do Rio Preto e especialização em Cardiologia Intervencionista e Hemodinâmica pela Santa Casa de São José do Rio Preto.
Atualmente é médico assistente do Departamento de Cardiologia Clínica e Intervencionista da Santa Casa de Araraquara, onde também tem seu consultório. Também é membro com título de Especialista em Cardiologia da Sociedade Brasileira de Cardiologia e Associação Médica Brasileira.

Acompanhe o Papo de Mãe nas redes sociais:

Instagram: @papodemaeoficial l Twitter: @papodemae l Facebook

SaúdeVocê no Papo