Papo de Mãe
Papo de Mãe

Atividades extras

pmadmin Publicado em 20/03/2010, às 00h00 - Atualizado em 08/01/2015, às 13h08

None
20 de março de 2010


Olá!!!Até que ponto manter uma agenda de atividades extra–escolares é importante para o desenvolvimento da criança e a partir de quando ela se torna prejudicial? E qual a importância do tempo livre para nossos filhos? O Papo de Mãe desta semana trata sobre este assunto.Segundo a Associação Americana de Pediatria, em 1981, as crianças na faixa etária de 4 a 5 anos tinham 40% do tempo livre. Hoje, têm apenas 25%. Mas por que será que isto acontece? O que levam os pais a procurarem outras atividades para os filhos que não seja apenas a escola?Quem acompanhou o programa pôde perceber que uma das grandes preocupações dos pais é que seus filhos não fiquem pelas ruas, ociosos e sujeitos às más influências. Além disto, a melhora da qualidade de vida e o desenvolvimento psicológico e intelectual se mostram como grandes motivadores para que os pais incentivem seus filhos a atividades extras.A prática de um esporte é extremamente saudável e recomendável. Incentiva a convivência social e a adoção de hábitos de vida saudáveis, sobretudo diante das facilidades da vida moderna, que acabam contribuindo para o aumento da obesidade infantil. Segundo o IBGE, no Brasil, nos últimos 30 anos, o número de crianças e adolescentes acima do peso aumentou em 30%. Diante desta realidade, o CONFEF (Conselho Federal de Educação Física) lançou a Campanha Nacional Educação Física Escolar, cujo o objetivo é chamar atenção para a importância da atividade física, que é obrigatória nas escolas de acordo com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação. Segundo o Conselho Federal, os pais podem e devem exigir professores qualificados, equipamentos e espaços adequados à prática destas atividades nas escolas públicas e particulares.Contudo, aqui vai um alerta: é importante respeitar a vontade da criança e não forçá-la. Segundo a Associação Americana de Pediatria, 75% das crianças que foram obrigadas a praticar esportes de que não gostavam, até os 15 anos, pararam de praticar e se tornaram sedentárias.A música como atividade extra também tem se revelado muito importante, ajudando, inclusive, na melhora do desempenho escolar. A iniciação musical precoce ajuda não só a despertar o gosto pela música como serve para ativar outras áreas do cérebro, como por exemplo, a responsável pelo raciocínio lógico-matemático. Visando melhorar o aprendizado de nossas crianças, o Presidente Lula sancionou uma lei que torna obrigatória a aula de música nas escolas públicas do ensino básico. As escolas tem até 2011 para se adequarem à nova lei.Segundo a Associação Brasileira de Psicopedagogia, as atividades extracurriculares melhoram a auto-estima e a sociabilidade das crianças e dos adolescentes. E olha que interessante: o Ministério da Educação descobriu através do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) que a nota dos estudantes que frequentaram cursos de língua estrangeira, informática e pré-vestibular foi de até 17 pontos acima da alcançada por aqueles que tiveram pouca ou nenhuma oportunidade de fazer atividades extras.Não se pode negar a importância das atividades extra-escolares no desenvolvimento infanto-juvenil. Contudo, psicólogos e pedagogos alertam sobre a importância de dosar o número de atividades para que o excesso delas não venha a se tornar um problema. As crianças e os adolescentes precisam ter respeitados o seu tempo de “não fazer nada” para que não se tornem estressados desde cedo. Portanto, o equilíbrio das atividades e a satisfação dos nossos filhos são os melhores indicadores que de estamos no caminho certo.Por enquanto é isto. Na próxima postagem falaremos um pouco do trabalho desenvolvido pela Casa do Zezinho, que ajuda a transformar a vida de muitas crianças e jovens de baixa renda.Para quem perdeu o programa desta quinta, ainda é possível assistir às reprises: DOMINGO, 13h30; SEGUNDA, 12h30; e TERÇA, 18h30. Tornem-se SEGUIDORES do nosso blog para acompanhar as novidades do programa. Também estamos no Twitter, no Youtube, no Facebook e no Orkut. Participem das nossas redes de relacionamento e ajudem a divulgar o programa! Contamos com vocês!!!Um grande beijo!Equipe Papo de Mãe

— Segue o Papo de Mãe sobre Atividades extras:



Vídeos