Papo de Mãe
Papo de Mãe

ATENÇÃO PARA NOVAS GRAVAÇÕES!!!

pmadmin Publicado em 23/06/2010, às 00h00 - Atualizado às 19h43

23 de junho de 2010


Oi gente!A equipe Papo de Mãe entrará em estúdio para gravar mais uma série de programas  e nós gostaríamos muito de contar com a participação de todos vocês.Os temas serão os seguintes: 1 – Mães cadeirantes2 – Filhos rebeldes3 – Namoro dos filhos4 – Ninho vazio (quando os filhos crescem e vão embora)5 – Brinquedos, brincadeiras, brincar (a importância do brincar)6 – Cirurgia plástica em crianças e adolescentesCaso você se identifique com algum destes temas e tenha vontade de participar do programa escreva para contato@papodemae.com.br e envie seu relato, pergunta ou comentário. Você pode escrever também nos comentários abaixo. A participação de todos é muito importante para nós! —E atenção também para a DICA DE HOJE que tem a ver com o assunto da semana: ABESO alerta sobre obesidade durante a gravidez!A ABESO (Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica) alerta sobre o crescimento de gestantes obesas e ressalta que a futura mamãe não deve se preocupar em comer por dois, pois o excesso de peso pode levar ao diabetes e aumento de gorduras no sangue.Para a Dra. Leila Maria Batista Araújo, Endocrinologista e vice-presidente da ABESO, “é natural que se ganhe algum peso após o parto em relação ao peso anterior a gestação, mas com alguns meses isso volta a normalidade – desde que não tenha havido ganho excessivo -. Assim, a gestante deve ficar de olho na balança e na nutrição. O sobrepeso vem crescendo cada vez mais entre os brasileiros, desde bebês ainda no ventre da mãe até os adultos, os índices de ganho de peso tem comprometido a saúde destes indivíduos. Para se ter uma ideia, de acordo com informações dos Centros para Controle e Prevenção de Doenças do Governo Federal dos Estados Unidos, uma em cada cinco mulheres é obesa ao entrar no período de gestação, ou seja, uma mulher com 1,65m e que pesa 81,6 kg corresponde a um índice de massa corporal de pelo menos 30. Com este panorama e indícios médicos denotam que o aumento de cesarianas, deficiência do feto e até morte de mães e filhos está ligada a atual realidade.É preciso que haja conscientização sobre a obesidade durante a gestação para que as mudanças de hábitos aconteçam o quanto antes. Para a futura mãe é importante saber que a obesidade compromete a vida dela e do seu filho, destaca a Dra.Na correria do dia-dia a busca por uma alimentação balanceada e rica em nutrientes é algo cada vez mais difícil nas grandes metrópoles. A todo instante as futuras mães estão correndo contra o tempo visando resultados em sua vida profissional, e acabam esquecendo de cuidar da saúde através de uma alimentação saudável e com medidas calóricas suficientes para manter-se bem ao longo do dia.Quem nunca viu colegas de trabalho, de faculdade ou até mesmo em casa substituírem uma refeição por lanches, fast food e doces?! Nesta rotina e a médio prazo, o corpo começa a manifestar sinais de ganho de peso com a presença de gordura localizada principalmente na região abdominal, falta de condicionamento físico, pressão arterial alta, baixa alta-estima, e por conseqüência, agravantes maiores podem surgir caso estes maus hábitos se tornem uma constante. Portanto, a ABESO enfatiza a importância das futuras mães terem uma alimentação saudável contendo massas integrais, grãos (feijão, lentilha, ervilha) proteína, verduras e frutas de três cores diferentes, leite ou derivado. Evitando gorduras, principalmente de origem animal, como manda a boa nutrição. Os exercícios físicos são bem vindos, mas nada exagerado.Fonte: Informações à imprensaJornalista responsável: Erika Figueiredo CR Comunicação – Cláudia RubinsteinSite da ABESO: www.abeso.org.br