Papo de Mãe
Papo de Mãe

ARTIGO DE ESPECIALISTA: “MUDANÇAS”

pmadmin Publicado em 11/07/2011, às 00h00 - Atualizado em 19/09/2014, às 19h45

None
11 de julho de 2011


MUDANÇASPor Solange Melo* 



A mudança é uma lei da vida e nela nada é permanente, exceto a mudança. Nem tudo que se enfrenta pode ser modificado, mas nada pode ser modificado até que seja enfrentado.Na realidade, não existe mudança externa sem a mudança interna do indivíduo, e toda situação de mudança traz consigo sentimentos de ansiedade e expectativa diante da possibilidade do fracasso e do arrependimento.Em geral, associamos mudança à perda, o que nem sempre se constitui numa verdade, já que, muitas vezes, para ganhar precisamos necessariamente mudar.Muitas são as situações que nos remetem a mudanças: mudar de casa, de estado civil, de profissão, de cidade ou mesmo de país, de emprego, de escola. E, independentemente de qual seja a nossa possibilidade de mudança, é fundamental percebermos os pontos positivos existentes, pois tudo na vida tem vantagens e desvantagens, ganhos e perdas.Quando mudamos uma readaptação à nova situação se faz necessária e isso faz com que entremos em contato com nossas capacidades, nossa criatividade e nossos limites e, muitas vezes, descobrimos em nós mesmos potencialidades que até então eram para nós desconhecidas.Mudar dá medo e gera insegurança sim, por isso mesmo toda situação de mudança deve ser avaliada com serenidade, calma e bom senso. Mas ao mesmo tempo, ela nos tira da mesmice, do comodismo, do que por nós já é conhecido.Mudar é importante, mas mude devagar porque numa mudança a direção é sempre mais importante do que a velocidade. Para toda mudança há resistências; para tal são necessários planejamento e consenso.Mudanças são inevitáveis em todas as áreas da vida, e quanto mais você resiste, mais você sofre. Lembre-se do que já dizia Darwin: não são os mais fortes que sobrevivem, mas os que se adaptam mais rapidamente às situações novas.Algumas mudanças são inesperadas; melhor quando estamos preparados para elas. Quando não estamos, é fundamental mantermos o otimismo, pois tudo depende do que vem depois, e como nós não sabemos o que vem depois, lembremos do velho ditado dos nossos avós: é no andar da carruagem que as abóboras se ajeitam…*Solange Melo é psicóloga e psicoterapeuta de adultos, casais e famílias em São Paulo – SP. Participou como especialista convidada do Papo de Mãe sobre MUDANÇAS exibido em 10.07.2011. Contato: gabinetedepsicologia@bol.com.br ***
DICA DE LEITURAIntelectualmente, as mulheres compreendem o processo de envelhecimento. Entretanto, a primeira ruga ou cabelo branco as faz entrar num parafuso emocional. Por que isso ocorre? Na vida cotidiana, as mulheres foram ensinadas que a beleza vai além da pele, mas a nossa cultura, com sua obsessão pela juventude, reforça a ideia de que a beleza é moeda de troca vigente. Neste guia psicológico, as ex-modelos que se tornaram psicoterapeutas, Dra.Vivian Diller e a Dra. Jill Muir-Sukenick, oferecem uma saída para essa situação surpreendentemente difícil de enfrentar. Encare o Espelho é o guia da mulher inteligente para viver bem e ter a sua melhor aparência em qualquer idade.


Diversos