Papo de Mãe
Papo de Mãe

Alienação parental

Roberta Manreza Publicado em 17/06/2017, às 00h00

None
17 de junho de 2017


Por Mariana Kotscho, jornalista e apresentadora

Quando um casal se separa aparecem muitas dúvidas. Se o clima é de desentendimentos, as consequências podem ser brigas na justiça, sofrimento das crianças e até crime de alienação parental.

A alienação parental  acontece quando um dos pais fala mal do outro, tenta manipular o filho, omite informações, faz denúncias infundadas ou afasta a criança do contato com o outro.

Pode haver casos sim em que a justiça determine o afastamento de um dos pais, mas isso quando houver denúncia grave e comprovada. Se a denúncia for mentirosa, quem a fez é que comete o crime.

A lei da alienação parental está em vigor desde agosto de 2010, mas ainda é pouco conhecida.

O abuso emocional causado pela alienação  pode provocar distúrbios capazes de afetar a criança pelo resto da vida.

A lei prevê contra quem pratica este crime, medidas que vão desde o acompanhamento psicológico até a aplicação de multa, ou mesmo a perda definitiva da guarda da criança.

No Papo de Mãe tem um programa inteiro só sobre alienação parental, que você pode assistir no nosso canal no youtube.




ColunistasMariana Kotscho (2)ComportamentoConflitosDesafios / DilemasDesenvolvimentoEducaçãoBebêPai/MãeHome3 a 8 anos9 a 12 anosAdolescenteCriançaSaúde