Papo de Mãe
Papo de Mãe

5 dicas para evitar acidentes com crianças nas festas juninas

Roberta Manreza Publicado em 20/06/2016, às 00h00 - Atualizado às 16h15

None
20 de junho de 2016


Confira algumas medidas simples para garantir a segurança de meninos e meninas durante as festividades

Criança Segura

bandeira

As festas juninas já começaram, com muita música, quadrilhas e comidas deliciosas. Mas, nessa época do ano, pais e responsáveis devem ficar bastante atentos para evitar acidentes com crianças, principalmente queimaduras.

Para garantir a diversão e segurança de meninos e meninas durante as festas, a Criança Segura separou cinco dicas. Confira:

1. Soltar balão, além de muito perigo, é crime!  No Brasil, soltar balão é considerado crime ambiental, punível com pena de até três anos de detenção e o pagamento de multa. Isso porque essa prática pode resultar em acidentes graves, como incêndios de grandes proporções em matas e até mesmo bairros ou, ainda, acidentes com aeronaves tribuladas. Por isso, nunca solte balão e, caso presencie outra pessoa exercendo essa prática, denuncie para a polícia pelo telefone 190 ou pelo disque denúncia, 181.

2. Cuidado com as comidas e bebidas quentes. Do momento do preparo até a hora de servir: cuidado com alimentos e bebidas quentes. Não deixe as crianças brincarem na cozinha enquanto prepara as comidas típicas das festas, lembre-se sempre de deixar o cabo das panelas virado para dentro do fogão e, se possível, não use toalhas compridas nas mesas onde os alimentos ficarão. Crianças são muito curiosas e, ao tentarem ver o que há em uma panela no fogo ou ao se apoiarem nas toalhas de mesa, as comidas e bebidas quentes podem virar em cima delas e causar graves queimaduras.

3. Atenção com as fogueiras. Nesse tempo frio, nada mais gostoso do que uma fogueira para esquentar a festa toda! Mas, preste muita atenção nas crianças. Não as deixe chegar perto da fogueira desacompanhadas. Além disso, deixe materiais inflamáveis, como álcool, fósforo e bombinhas, longe do alcance dos pequenos e do fogo.

4. Nunca deixe as crianças soltarem fogos de artifício. Não permita que as crianças fiquem perto de onde irá ocorrer a queima de fogos de artifício e nunca as deixe soltá-los. Esse tipo de material é muito perigoso e só deve ser manipulado por profissionais.

5. Oriente as crianças a terem cuidado com bombinhas e estalinhos. Ensine as crianças como elas podem brincar de forma segura com bombinhas e estalinhos, evitando estourá-los perto de outras pessoas ou de objetos que podem se quebrar e soltar estilhaços, como garrafas de vidro e latas de refrigerantes. Explique às crianças que elas não devem carregar esse tipo de objeto nos bolsos, pois eles podem acidentalmente explodir e provocar uma queimadura grave. Avise-as, também, para não brincarem com bombinhas e estalinhos perto de fogo ou de objetos inflamáveis.

A Criança Segura

A Criança Segura é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, dedicada à prevenção de acidentes com crianças e adolescentes de até 14 anos. A organização atua no Brasil desde 2001 e faz parte da rede internacional Safe Kids Worldwide, fundada em 1987, nos Estados Unidos, pelo cirurgião pediatra Martin Eichelberger. Para cumprir sua missão, desenvolve ações de Políticas Públicas – incentivo ao debate e participação nas discussões sobre leis ligadas à criança, objetivando inserir a causa na agenda e orçamento público; Comunicação – geração de informação e desenvolvimento de campanhas de mídia para alertar e conscientizar a sociedade sobre a causa e Mobilização – cursos à distância, oficinas presenciais e sistematização de conteúdos para potenciais multiplicadores, como profissionais de educação, saúde, trânsito e outros ligados à infância, promovendo a adoção de comportamentos seguros.




AlimentaçãoComportamentoDicasDiversosDiversãoHome3 a 8 anos9 a 12 anosSaúde