Papo de Mãe
Papo de Mãe

5 cuidados no uso do álcool 70% que podem evitar acidentes infantis

O Papo de Mãe acredita na informação de qualidade para promover a prevenção de acidentes com crianças e traz mais um alerta da ONG Criança Segura, desta vez sobre os cuidados com o álcool 70%, em gel ou líquido

Redação Papo de Mãe Publicado em 26/04/2021, às 00h00 - Atualizado às 14h13

None

O álcool 70% tornou-se um grande aliado na prevenção da Covid-19, sendo amplamente utilizado pelas famílias para higienização das mãos e superfícies. No entanto, ele pode se tornar o vilão dos acidentes com crianças durante a pandemia, principalmente em sua versão líquida. A queimadura é o principal risco, mas há outros como lesões oculares, no caso de contato com os olhos, e coma alcoólico se for ingerido.

Cuidado com álcool 70%!

Quando acontecem com crianças, as queimaduras costumam ser mais profundas, dolorosas e graves, necessitando de intervenção médica para o tratamento. Também trazem dor e sofrimento intensos de ordem física e emocional. Isso porque meninas e meninos têm corpos mais frágeis que os de adultos, tendo como uma de suas características mais marcantes a pele mais fina e delicada.

Portanto, a prevenção é fundamental e, para isso, siga as nossas orientações:

Os 5 cuidados ao usar álcool 70%

  1. Higienização das mãos: em casa, sempre prefira higienizar as mãos com água e sabão a usar álcool 70%, mesmo a versão em gel. Por isso, ensine as crianças como lavá-las de forma adequada.
  2. Quando utilizar: o uso do álcool em gel só é necessário quando não há possibilidade de lavar as mãos adequadamente, por exemplo, quando estiver na rua. E, depois de manuseá-lo, atenção redobrada para não ter contato com fontes de chamas, como as do fogão e isqueiros.
  3. Como armazenar: em casa, o álcool em gel ou líquido deve ficar fora do alcance das crianças, assim como os demais produtos de limpeza. Por isso, guarde sempre em local alto ou trancado, sempre optando por lugares de difícil acesso para os pequenos.
  4. Álcool líquido: evite comprar o álcool líquido 70%. Caso seu uso seja imprescindível em casa, ele deve ser guardado em frascos menores e armazenado em local alto e fora do alcance das crianças. Também evite utilizar sprays com álcool líquido, pois as gotículas podem atingir os olhos das crianças com mais facilidade no momento do manuseio.
  5. Totens de álcool em gel: na rua, atenção com os totens de álcool em gel, muito comum em estabelecimentos comerciais. Devido à altura dos totens, quando acionado pelas crianças com o pé, o álcool pode atingir diretamente a área dos olhos, causando lesões. Por isso, oriente as crianças de que os pais devem acionar o totem.

Para conferir outros cuidados, clique aqui!

* Criança Segura é uma organização não governamental, sem fins lucrativos que tem como missão a prevenção de acidentes com crianças e adolescentes até 14 anos. Fundada em 2001, é membro oficial da Safe Kids Worldwide – primeira e única rede global de prevenção de acidentes na infância, que está presente em mais de 30 países, nos cinco continentes.

Assista ao vídeo do Papo de Mãe sobre álcool em gel




ColunistasBebêHomePandemiaCriançaPrimeira InfânciaPrevenção de acidentesSegurança InfantilVídeos