Papo de Mãe
Papo de Mãe

10 de Novembro – Dia Nacional de Prevenção à Surdez. Crianças com deficiência auditiva já contam com a opção do implante coclear

Roberta Manreza Publicado em 10/11/2016, às 00h00 - Atualizado às 19h08

None
10 de novembro de 2016


Clarissa Meyer – Portal Papo de Mãe

A vida moderna expõe as pessoas a uma sobrecarga de ruídos que podem trazer danos irreparáveis à audição. Entre os maiores vilões estão o barulho urbano nas grandes cidades e o uso constante de fones de ouvido. A surdez também pode ter como causa infecções, traumas, doenças ou malformações. Só no Brasil, 9,7 milhões de pessoas sofrem com algum tipo de deficiência auditiva.

Nos bebês, a avaliação da audição deve começar desde o nascimento com o Teste da Orelhinha, obrigatório nas maternidades públicas e privadas.  De cada 10 bebês que nascem, 3 têm alguma deficiência auditiva e 1 surdez profunda ou severa. Quanto mais precoce a detecção do problema, maior a chance de sucesso no tratamento.

O Papo de Mãe já tratou deste tema. O programa sobre Problemas de Audição rendeu às apresentadoras Mariana Kotscho e Roberta Manreza uma homenagem pela prestação de serviço durante o evento que comemorou o milésimo implante coclear do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP).

implantecoclear

O implante coclear, ou mais popularmente conhecido como ouvido biônico, é um aparelho eletrônico de alta complexidade tecnológica, que substitui totalmente o ouvido de pessoas que têm surdez total ou quase total. O implante estimula diretamente o nervo auditivo através de pequenos eletrodos que são colocados dentro da cóclea e o nervo leva estes sinais para o cérebro. A cirurgia é feita pelo SUS.

Há Centros SUS de Implante Coclear em várias cidades do Brasil – Salvador, Brasília, Fortaleza, Goiânia, Belo Horizonte, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Belém, Teresina, João Pessoa, Curitiba, Maringá, Recife, Rio de Janeiro, Natal, Porto Alegre, Florianópolis, Bauru, Campinas, Ribeirão Preto, São Paulo e Aracaju.

No Brasil há cerca de oito mil implantados, sendo 1.500 do Grupo de Implante Coclear HCFMUSP, dirigido pelo prof. Dr. Ricardo Ferreira Bento e coordenado pelo professor Robinson Koji Tsuji. As consultas do HC-FMUSP são marcadas através de um questionário existente no site www.implantecoclear.org.br.

Leia também:

Assista ao Papo de Mãe sobre Problemas de Audição, que contou com a presença do Dr. Robinson Koji Tsuji, otorrinolaringologista do HC/FMUSP:




ComportamentoDestaquesDiversosHomeNotíciasSaúde