O Portal
da Vida em Família
26/01/2021

Decoração e brinquedo: Os perigos escondidos do Natal



Dicas de segurança para as festas de fim de ano.

Enfim, dezembro chegou… O mês mais festivo do ano!!

Uma época muito emocionante para as crianças; decorações de Natal fazem os olhinhos brilharem, sempre coloridas e cheias de luzes. E para aproveitar toda essa magia das festas é preciso também preocupar-se com riscos escondidos.

Alguns cuidados são essenciais para que todos passem por essa época de maneira feliz e segura.
As poinsétias, aquelas plantas de folhas vermelhas também conhecidas como bico-de-papagaio, são venenosas para os seres humanos e animais, por isso devem ser mantidas fora do alcance de crianças e pets, ou então evite tê-las.

A árvore de Natal, grande estrela do momento, deve ficar fora do caminho e não bloquear portas. Todas as luzinhas da árvore, mesmo as recém adquiridas, devem ser checadas antes de serem penduradas. Procure fios desgastados, soquetes quebrados ou conexões soltas e substituas, também se certifique que não serão comprimidas por móveis.

Alguns conjuntos de luzes podem ter tomadas e fios com chumbo, então mantenha-os longe do alcance das crianças (podem colocá-las na boca) e lave bem as mãos depois de manuseá-los. Não use luzes elétricas em árvores metálicas, pois podem ficar carregadas com a eletricidade de luzes defeituosas e dar choques em pessoas e animais de estimação.

Caso tenha a intenção de usar luzes em decorações externas, ao ar livre, tenha certeza de que são certificadas para este uso. Siga todas as instruções para instalação rigorosamente. O ideal é conectar todas as decorações elétricas ao ar livre em circuitos com interruptores com fio terra para evitar choques.

Na hora de dormir e quando for sair de casa, todas as luzes devem ser desligadas, pois podem dar curto e iniciar um incêndio.

Muito cuidado com luzes e velas, elas são perigos de incêndio. Nunca utilize um mesmo cabo de extensão para mais de três fios de luzes e só use materiais não combustíveis ou resistentes à chama para enfeitar a árvore. Os enfeites ou pingentes artificiais de plástico e sem chumbo são os indicados.

Jamais use velas acesas em árvores, estas devem ser colocadas em suportes não inflamáveis e onde não possam ser derrubadas.

Atenção especial para as decorações que possam quebrar e para enfeites com pequenas peças removíveis, que devem ficar fora do alcance das crianças, pois são risco para engasgo. Tente evitar os enfeites que  pareçam doces ou alimentos – crianças pequenas podem querer comê-los.

Papéis de embrulho, sacos e fitas devem ser recolhidos; não os deixe espalhados depois que os presentes forem abertos, pois trazem risco de sufocação e asfixia para crianças.



E já que falamos de presentes, também é preciso ter alguns cuidados na hora de escolher os brinquedos dos pequenos. Toda atenção é pouca quando se trata da segurança dos nossos filhos.
Os brinquedos devem ser selecionados de acordo com a idade, habilidades e nível de interesse da criança que será presenteada. Evite brinquedos demasiadamente avançados pois podem representar perigos para a segurança das crianças.

Antes de comprar um brinquedo ou permitir que a criança brinque com um brinquedo que recebeu como presente, leia as instruções cuidadosamente.

Evite brinquedos que devem ser conectados a tomada elétrica para crianças menores de 10 anos, pois representam risco de queimaduras e choques. Prefira  brinquedos operados por bateria, e mesmo esses precisam de muita atenção e cuidados, já que sempre há o risco da criança colocar a bateria na boca e engolir.
As crianças podem ter sérios problemas no estômago e no intestino – incluindo a morte – depois de engolir pilhas ou ímãs. Além de brinquedos, estes itens podem ser parte de cartões de saudação musical, controles remotos, aparelhos auditivos e outros pequenos eletrônicos. Os ímãs podem estar presentes em conjuntos de brinquedos de construção. Caso aconteça da criança engolir um ímã ou bateria, leve-a imediatamente a um serviço de emergência.

E não esqueçamos que as crianças podem engasgar-se com pequenas partes contidas em brinquedos ou jogos, então evite presentear crianças menores com brinquedos que tenham peças pequenas.

Remova as marcas, cordas e fitas dos brinquedos antes de entregá-los a crianças pequenas, elas podem se soltar e constituir risco.

Cuidado com os brinquedos de tração com cordas com mais 20 cm de comprimento, pois podem ser um perigo de estrangulamento para bebês.

Os brinquedos devem ser guardados em um local adequado; e os brinquedos das crianças mais velhas devem ser mantidos longe de crianças pequenas.

São cuidados simples que vão ajudar a família toda ter um fim de ano tranquilo e feliz.

Boas Festas!!!

Por Fernanda Viana, cardiologista infantil e pediatra do Saúde4kids*.

*Saúde4kids

O amor à medicina uniu as médicas: Fernanda, Rafaella e Ana. Além da vocação em servir aos pequenos, elas tinham outra certeza: precisavam ajudar as mamães. Perceberam que muitas estavam perdidas nesse caminho cheio de novidades e incertezas que é a maternidade e, na busca por informações, as mamães se perdiam ainda mais.




Tags: , , , , , ,